Portal V1

Concurso da Polícia Civil com 350 vagas é lançado no Piauí

05/04/2018

Na manhã desta quinta-feira (05/04), a Secretaria de Segurança Pública do Piauí (SSP) juntamente com o Núcleo de Concurso e Promoção de Eventos (NUCEPE) realizaram o lançamento do edital do concurso público da Polícia Civil do Piauí. As inscrições iniciam no dia 16 de abril e vão até o dia 15 de maio.  

Confira detalhes:

250 vagas para agentes com salários de R$ 5.736,88
50 vagas para peritos com salários de  R$ 9.834,65
50 vagas para delegado com salários de  R$ 16.391,11

O secretário de segurança pública, Fábio Abreu, esteve presente no lançamento assinando o documento para divulgação. Além do presidente do NUCEPE, Francisco Felipe, o reitor da Universidade Estadual do Piauí, Nouga Cardoso e o vice-reitor Evandro Alberto de Sousa participaram do lançamento do edital, juntamente com o delegado geral de Polícia Civil, Riedel Batista, o novo secretário de administração Ricardo Pontes, coronel Rubens Pereira, novo secretário de Segurança Pública e autoridades da Secretaria de Segurança.

“Temos aqui presente toda a banca examinadora que vai  conduzir todo esse processo seletivo, mas também temos componentes da equipe que vai coordenar por parte da Secretária de Segurança com membros do sindicato, membros da OAB. Nosso objetivo é que esse concurso seja com a maior lisura possível em função exatamente desses componentes que vão estar acompanhando passo a passo dessa prova que vamos lançar e que é importante destacar que foi uma sensibilidade do governador Wellington Dias, embora com uma situação financeira difícil que passa o Estado, mas realmente é uma necessidade grande”, afirmou Fábio Abreu.

O concurso dispõe de 250 vagas para agentes, 50 para delegado e 50 para peritos, sem vagas para escrivão. “Agora vamos unificar esse quadro existente na Polícia Civil. O escrivão tem algumas funções que deixaram ao longo do tempo de fazer sentido, começou com a datilografia, evoluiu para a digitação e hoje estamos vendo que todos os depoimentos são gravados, no final a única coisa que acontece é a assinatura daquela pessoa que está depondo e assim nós vamos fazer também na Polícia Civil, por isso é importante a unificação do quadro.

São avanços que vão acontecer dentro da estrutura e que estamos mostrando nesse concurso. Estou saindo cumprindo algumas coisas que prometi, não deu para fazer tudo, mas eu  entrego a gestão em boas mãos e com a sensação do dever cumprido”, finalizou o deputado.

O reitor da Universidade Estadual do Piauí, Nouga Cardoso, afirmou que a NUCEPE está preparada para administrar o concurso com sucesso. “Em função dos últimos concursos que nós realizamos e que foram muitos, aprendemos muito com alguns erros e obviamente com sugestões trazidas pelas pessoas envolvidas nesse processo, como também tivemos alteração mediante aprovação de lei na Assembleia Legislativa.

Podemos dizer que a Uespi fez um investimento no parque gráfico colocando novas máquinas de fazer as cópias das provas, investimos também na elaboração de uma sala cofre, minimizamos o número de pessoas que tiveram contato com essas provas, mas principalmente eu diria que a principal evolução para esse concurso é o envolvimento das diferentes institucionalidades dos equipamentos de segurança pública que estarão diretamente envolvidas no processo”, afirmou. 

edital perito

edital delegado

edital agente

Compartilhe

Deixe seu comentário