Portal V1

Deputados aprovam novo projeto do passe livre para idosos no Piaui

20/09/2017

Deputado estadual Marden Manezes

Os deputados da Assembleia Legislativa do Piauí aprovaram nesta quarta-feira (20) o projeto de lei que regulamenta o passe livre para idosos no Estado.

O projeto estabelece que pessoas com idade igual ou superior a 60 anos terão direito a duas vagas gratuitas em cada linha no transporte rodoviário coletivo do Piauí. Ou seja, se um ônibus sair, às 16h, do Terminal Rodoviária de Teresina a qualquer cidade do interior do Estado será obrigado a destinar duas vagas gratuitas para dois idosos. E assim vale para todas as linhas. O terceiro e o restante dos passageiros comprovadamente idosos terão 50% de desconto na passagem.

A distinção no benefício, segundo a defensora pública, Sarah Miranda, do Núcleo Especializado de Defesa e Atenção ao Idoso e da Pessoa com Deficiência, está prevista no Estatuto do idoso.

“A isenção de 100% na passagem para todos os idosos fere a lei. O Estatuto prevê o benefício para dois idosos”, esclareceu a defensora.

O projeto é de autoria do deputado estadual Marden Manezes (PSDB). Para entrar em vigor, o projeto precisa ser sancionado pelo governador Wellington Dias (PT).

Em 2014 o projeto foi aprovado, porém atrelou o custeio da gratuidade para o Fundo Estadual do Idoso. Na época, a lei foi apresentada também por Marden Manezes com o deputado João de Deus (PT). A lei não foi pra frente, pois não havia recurso para sua manutenção. Houve uma falha, pois o Fundo não poderia custear o benefício e a Lei de Responsabilidade Fiscal também não permitia. 

O deputado Marden Menezes comemorou a aprovação do projeto e considerou o momento histórico.

 “Para muitos pode ser mais um projeto, mas para milhares de famílias do nosso Estado, essa Casa faz história, aprovando, por unanimidade, uma matéria completamente concernente, consoante com a Constituição Federal, com a Constituição Estadual, com o Estatuto do Idoso e com a legislação em vigor do nosso país”, afirmou o deputado.

A defensora Sarah Miranda, que participou da votação na Assembleia, agradeceu o empenho do deputado na efetivação desse direito. 

“Hoje nós temos o que comemorar e temos uma gratidão muito grande pela iniciativa legislativa do deputado Marden Menezes. Podemos dizer que agora a pessoa com deficiência e o idoso andam de braços juntos. Porque antes esse direito estava assegurado apenas às pessoas com deficiência, mas não para o idoso e essa realidade pôde ser modificada hoje”, afirmou.

O presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa (Cedipi),  Anfrísio de Moura Neto, ressaltou que o projeto vai beneficiar a pessoa idosa mais carente do Estado. 

“São quatro anos que a gente vem lutando para que esse passe livre saia do papel e possa ser aprovado nesta Casa. E é um projeto de lei que beneficia as pessoas idosas mais carentes desse estado, são as pessoas que ganham até dois salários mínimos. São pessoas que têm necessidades especiais, necessidade de fazer tratamento […] E nós precisamos ter respeito com a pessoa idosa, com aqueles que construíram esse estado”, afirmou.
As entidades que participaram do debate não souberam informar a quantidade de piauienses que serão beneficiados com  esse passe livre.

Fonte:cidadeverde

Compartilhe

1 Comentário

  1. João Raimundo em 21/09/2017 às 08:38

    Vamos ver é se em VALENÇA este projeto vai valer mesmo… porquê na agência da EMPRESA LIDER de VALENÇA a senhora quê administra não aceita idoso nenhum viajar de graça( ter passe livre) está mesma senhora ja fez confusão porque ela não quer aceitar ninguém viajar sem pagar… até os militares em serviço ela coloca dificuldades pra aceitar… cabe agora com esta nova lei está senhora não passe por cima da lei e aceite…
    Queremos fiscalizações pra ver se este projeto de lei agora vai pra frente…

Deixe seu comentário