Portal V1

Ineide Rêgo: Pelo Caatinguinha

09/09/2013

caatinguinhaOi Sergio, li sua reportagem sobre a Morte dos Rios em nossa cidade. Excelente documentário. Inventar outro Hino é fácil. Difícil mesmo é vencer os poderes que expõem Valença a esta situação. O IBAMA, já era. Ministério do Meio Ambiente?!!! tão Longe e com tantos problemas… Este é apenas uma gota no oceano. Justiça… como!? Quem se atreve a falar nada. É uma coisa que você peita nos muros, mas não sente e nem enxerga. Acho que só Deus ainda pode nos salvar. Até ESTE é complicado. Eu não duvido do seu poder. eu sei que ELE tudo pode, mas neste caso é livre arbítrio e pela sua Lei o que morreu está morto. Pelo Caatinguinha apesar da bela pouse na foto do Secretário de Agricultura. Só vai ficar na vontade de resolver, mas, muito pouco pode fazer. Conhecemos a História. É um custo supino e de muito poder. Assim, só nos resta encomendar a Missa. Quem sabe no dia 20. E para o Hino, vai uma sugestão para aproveitarmos a sonoridade da música. Bela música.

HINO DE VALENÇA NA NOVA VERSÃO “As margens do Rio Caatinguinha Cercadas de mil” lamaçais “Está Valença” no seu pranto A ver carcaças de animais “Cidade onde o” descaso impera, “Vibrante” com a forte ambição Desaparece o Poço Azul Reinam cobiça e poluição. “Terra feliz” Mesmo sem “os canaviais” , “Nas serras” só fumaça e caças já não há mais Terra de dor, de tristeza e emoção E o peixe morto em todo rio, dói no coração.

Compartilhe

7 Comentários

  1. Bartolomeu em 30/08/2013 às 09:17

    É DONA INEIDE A SENHORA TEM RAZÃO MAS, O ESTRAGO VEM DE MUITO LONGE….DESDE O SENHOR JOAQUIM.QUEM NÃO PLANTA NÃO COLHE. A SENHORA É BOA DE HINO.

  2. José Carvalho em 30/08/2013 às 11:09

    Que pena Dona Ineide, que só senhora tenha essa preocupação, por que os gonvernantes de Valença no momento estão focado é no aniversário da cidade agora 20/09 preocupando- se com a banda que vai tocar para a população valenciana comemorar 400 e tantos anos de uma cidade que não evoluiu em nada e que o pouco que teve está se acabando, será que ainda não tempo de cancelar o contrato da banda que vai animar esta festa na cidade e investir o dinheiro no saneamento básico e na recuperação desses rios que tem uma história e que ficará marcado em nosso vida. Fica aqui o meu apelo aos políticos de Valença e a toda população que também pode contribuir para que isso aconteça.

  3. Ineide Lima Verde em 30/08/2013 às 17:19

    Olá Bartolomeu. Obrigada pelo elogio. Se você lembra do Sr. Joaquim, deve lembrar que ele até plantou, mas, na colheita se deu mal e criou cobras… Mas, isto, é outra HISTÒRIA.
    Eu quis lhe dizer que até aqueles tempos (digo metade dos anos noventa) os estragos existiam sim, mas, existia água limpa e corrente no Rio, devido ao zelo e mais cuidados… Os Prefeitos até aquelas épocas, todo ano após o inverno limpavam o leito do Rio… E quando Sr. Joaquim não voltou mais, ainda deixou o Rio vivo, correndo livre, com o leito limpo, mulheres lavando roupas, crianças brincando no poço Azul, carradas e carradas de pipas abastecendo a população carente, e, a propriedade mais próxima de sua família era a que ainda hoje é: A casa que ele viveu sua juventude, na rua do “Maranhão”, e testemunhava o valenciano pegando água para abastecer as necessidades de sua casa, no velho Olho D’água da cidade.
    Você deve lembrar também que eu, fui Vereadora e a minha preocupação com o nosso “Rio Mãe”, não é só de hoje. O meu 1º Projeto apresentado na Câmara de Vereadores, foi transformado em Lei (por unanimidade de votação). Estabelecia que: 1º em volta as nascentes do Olho D’água em circulo, há uma distancia de 200 metros nada seria construído. 2º que seriam replantadas as árvores em volta a esta demarcação. 3º que o leito do Rio seria mantido limpo e recuperadas matas ciliares em toda a sua extensão. Porém convém lhe informar que você não encontrará esta Lei. Como já disse em outras publicações, foi votada pelos colegas Edis por unanimidade; foi promulgada, mas, não foi registrada e (este controle na época, não tínhamos na Câmara); assim não foi cumprida. Sei que errei, por excesso de confiança e (no que dizia quando cobrado – “estou providenciando…”), falta de experiência, na época não fiscalizei como devia.
    É bom esclarecer que não estou olhando este problema com olhos de política (informe-se sobre minhas publicações na ALCV) e verá que neste sentido a minha política sempre foi salvar o Rio. Assim, não estou culpando ou criticando a administração recente, não. Até concordo que este é um problema não tão antigo, mas, já com raízes, e acho que ainda é preciso mais um tempo. Só, que se ele já tivesse feito pelo Rio o que sempre fazia Sr. Joaquim quando assumia… e, outros Prefeitos que o antecederam (a 1ª limpeza após o inverno), teria sido uma boa ajuda; e, uma grande esperança. E ele pode sim, se quiser fazer até mais, é valenciano, é o Prefeito, tem dois Secretários que para mim estão na luta (Agricultura e Obras) o Secretário de Agricultura até já mostrou interesse neste sentido (como eu disse, ficou bonito na foto). Só que eu continuo dizendo que não acredito que ele tenha força suficiente para adotar as medidas que possam ainda em tempo RESSUSCITAR O RIO. Caso aconteça, e eu espero que sim.“Eu tiro o chapéu”. Vamos esperar. Ainda há tempo para plantar. Estou na torcida pelo Caatinguinha, o Poço Amarelo, o Olho D’água do Ferrugem, o Tranqueira que é o mesmo Valentim, o Santa Rosa… para que tenhamos boas colheits.

  4. João Mauricio Araujo em 02/09/2013 às 06:53

    Parabéns! Muito bem, mas nem tudo está perdido ainda da tempo espero que esse prefeito haja com pulso firme e vamos revitalizar os nossos rios que a água é vida vamos salvar os nossos Mananciais.

  5. Erivan Miranda em 02/09/2013 às 07:34

    Culpados existem e são muitos, pois eles fecharam os olhos para os rios de Valença.O momento requer ação, críticas, também.Uma pergunta que todos fazem: É possível salvar nossos rios?Acredito que sim e claro,o poder público deve.E por falar em poder mandatário,lembrei o ministério público que até o presente momento não se manifestou, estaria ele ocupado demais a ponto de deixar a sociedade sem resposta?Enquanto isso,agoniza os nossos rios,esperando a morte chegar.

  6. Caatinginha da Silva Morto em 02/09/2013 às 12:36

    OBRIGADO POR ME DEFENDEREM. CORRAM EM QUANTO É TEMPO, PORQUE O MEU TEMPO NÃO TEM MAIS TEMPO.

  7. Carlos Alberto Pereira da Silva em 02/09/2013 às 19:04

    É lamentavél que isso esteja ocorrendo, pois os governantes de Valença nunca se preocuparam com
    a situação de nossos rios.Isso já vem de muito
    e muitos anos.Carlos de Ribeirão Preto/SP

Deixe seu comentário