Valença do Piauí, 25 de set, 2021

Base aliada aumenta pressão e se organiza para impedir chapa pura do PT

Governador Wellington Dias

Os partidos da base aliada do governador Wellington Dias (PT) não aceitam a chapa pura do Partido dos Trabalhadores. As legendas se organizam e aumentam a pressão para que o governador Wellington Dias (PT) convença os petistas a participarem do chapão proporcional, com todas as siglas em uma única coligação.

Legendas como o PSD, MDB, Progressistas, PDT e PR estão unidas contra a proposta de chapa pura.  O movimento ganhou maior proporção depois de conversa que ocorreu em Brasília, entre o governador, o presidente nacional do Progressistas, senador Ciro Nogueira, com a presença de lideranças petistas sobre a chapa pura do PT. Os petistas insistem na ideia.

O partido do governador entende que se seguir sem coligação proporcional poderá eleger até cinco deputados. Os cálculos feitos pelos petistas mostram que com o chapão, a legenda deve manter a bancada de três deputados, sem possibilidade de aumentar.

De acordo com o deputado João Madison, o MDB não abre mão do chapão. “O governador é quem vai decidir. Mas o MDB está tranquilo. Temos a maior bancada com seis deputados, um deputado federal e o maior tempo de TV. O governador é que vai avaliar o que é melhor para ele”, comentou.

Fonte: cidadeverde

0 Comentário