Portal V1

Fundação Raul Alencar realiza palestra sobre Empreendedor Individual

31/07/2011

consultor do SEBRAE, João Batista fala do EI

A Fundação Raul Alencar realizou neste fim de semana uma reunião em sua sede sobre o Empreendedor Individual (EI). A palestra foi ministrada pelo consultor do SEBRAE, João Batista e contou com a participação de pessoas que trabalham por conta própria em vários seguimentos em Valença. João Batista explicou que o Empreendedor Individual são aquelas pessoas que tem um pequeno negocio e que estão trabalhando na informalidade e conseqüentemente fora dos benefícios sociais, como auxilio maternidade, doença, aposentadoria entre outras vantagens.

Para participar do EI, a pessoa precisa ter um negocio que fature no máximo R$ 36 mil reais por ano, não ser sócio de empresas e nem ser funcionário publico.

A grande vantagem de ser um EI é que além da cobertura dos benefícios sociais, o empreendedor obtém imediatamente um CNPJ para prestar serviços em sua área para governos e entidades que necessitam de nota fiscal. Explicou ainda que para se cadastrar basta procurar uma empresa de contabilidade, que são optantes pelo Simples Nacional, no caso de Valença, por exemplo, a Consulplan ou via internet, através do site: www.portaldoempreendedor.gov.br.

Os custos mensais para o EI são os seguintes R$ 27,25 reais para a Previdência, R$ 1,00 para o estado e R$ 5,00 reais para o município que são pagos nas agencias bancarias. Rubens Alencar presidente da Fundação Raul Alencar conclamou os presentes a participarem do programa e se comprometeu a realizar mais palestras e viabilizar a vinda do caminhão do SEBRAE/PI para a realização de novos cadastros.

A reunião teve ainda a participação do diretor do INSS, Antônio Barbosa, Nayra Tiane do Sesc/Senac. Após a palestra foram sorteador camisetas do Empreendedor Individual aos participantes.

Compartilhe

1 Comentário

  1. vicente izidorio soares em 02/08/2011 às 09:59

    Parabenizo a fundação Raul Alencar na pessoa do seu Presidente, pelo excelente iniciativa. Valença esta realmente precisa de uma emancipação socioeconômico, Valença é uma cidade de povo hospitaleiro, ordeiro e trabalhador, não pode permanecer refém das políticas publicas dos governos, que na maioria das vezes as utilizam como instrumento de alienação de seu povo. Valença precisar busca alternavas de desenvolvimento, e isso só será possível com a busca do conhecimento, Conhecei a verdade, que ele vos libertara. O conhecimento é a verdade que liberta.

    Grato:

    Vicente izidorio soares

Deixe seu comentário