Valença do Piauí, 27 de jan, 2021

PI supera expectativa e vacina mais de 96% contra febre aftosa

secretário do Desenvolvimento Rural, Rubem Martins

O secretário do Desenvolvimento Rural, Rubem Martins, divulgou na manhã desta segunda-feira (20), no Palácio de Karnak, os resultados da primeira etapa da Campanha de Vacinação contra a Febre Aftosa em 2012. O Piauí atingiu o índice de 96,60% do total de bovinos, caprinos e ovinos vacinados, ultrapassando mais uma vez as expectativas do Ministério do Desenvolvimento Rural (MDS), que era de 80%.

“Estamos bastante felizes com o sucesso absoluto da campanha de vacinação, pois os efeitos drásticos da estiagem fizeram com que os animais ficassem enfraquecidos. Contudo, os produtores já internalizaram uma cultura de cuidados para com os animais”, ressaltou Rubem Martins.

O índice de animais incluídos no processo de sorologia também foi expressivo, contabilizando 94,84% do rebanho. Este processo também é uma das exigências a serem cumpridas para que o Estado deixe a área de Médio Risco para área Livre da Aftosa com Vacinação.

O diretor da Agência de Defesa Agropecuária do Piauí (Adapi), José Antônio Filho, estima que ainda no mês de dezembro deste ano, o estado deve receber a certificação de área livre da aftosa com vacinação. “Tudo isso não seria possível sem a dedicação dos criadores, que são conscientes e cumpriram todos os requisitos em tempo hábil”, complementa.

De acordo com os documentos, os municípios de Regeneração, São Braz do Piauí, Anísio de Abreu, Redenção do Gurguéia, Pajeú do Piauí, São João da Serra, Buriti dos Montes, Castelo do Piauí, Sebastião Barros, Júlio Borges, São Félix do Piauí, Morro do Chapéu do Piauí, Murici dos Portelas, Tanque do Piauí, Cajueiro da Praia, Aroeiras do Itaim, Cocal de Telha, Agricolândia, Lagoinha do Piauí, Bela Vista do Piauí, Conceição do Canindé, Curralinhos, Palmeirais, Sebastião Leal e Santa Cruz dos Milagres alcançaram o índice de vacinação de 100%.

A Adapi conta com uma estrutura voltada para a defesa animal e vegetal composta de uma sede em Teresina, 13  regionais, 36 Unidades Sanitárias Animal e Vegetal, 179 Escritórios de Atendimento à Comunidade (EAC), 15 Postos de Fiscalização Agropecuária. O órgão dispõe de um corpo técnico formado por 84 veterinários, 35 agrônomos, 265 técnicos em agropecuária, 68 auxiliares administrativos. A Adapi conta com uma frota de 127 motos, e 81 carros, sendo que 27 são caminhonetes 4 x 4 traçadas, possibilitando a chegada de seus técnicos  a propriedades de difícil acesso.

 

Projeto para aquisição de sementes

Rubem Martins, secretário do Desenvolvimento Rural, informou que a SDR já enviou ao Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e ao Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) projetos para a aquisição de sementes para animais. A medida visa reforçar a qualidade do gado que é criado no Piauí.

0 Comentário