Portal V1

Polícia Civil de Valença divulga nomes dos presos na Operação Vale do Sambito

07/12/2017

A Polícia Civil de Valença divulgou na tarde desta quinta-feira (07) os nomes das pessoas presas na operação “Vale do Sambito” realizada pela delegacia regional de Valença com o apoio da Gerência de Policiamento do Interior (GPI) e das Delegacias de Inhuma, Elesbão Veloso, Picos e Barro Duro, onde participaram cerca de Policiais Civis nas cidades de Valença, Novo Oriente e Aroazes.  Dos 15 mandados expedidos 09 foram cumpridos até agora.

Foram presos: Antônio Barbosa Dias -Estupro. André Rodrigues de Carvalho- estupro de vulnerável. Ado Frederico Lopes Monteiro Lima- Tráfico de Drogas. Antônio Welder Sousa SIlva- Receptação e possuir animais silvestres em cativeiro. Laércio Leal da Silva- posse irregular de arma de fogo de uso permitido. Wilton Dias dos Santos-trafico de drogas e maus tratos aos animais. (Rinha de galo). Denis Pereira de Carvalho – tráfico de drogas. Francielton Pereira da Silva- violação sexual mediante fraude e Adelson Negreiro da Cunha- posse Ilegal de arma de fogo de uso restrito.

 

Veja matéria original

Operação da Policia Civil na região valenciana prende 08 pessoas

A Delegacia de Polícia de Valença do Piauí deflagrou na manhã desta quinta (07), uma operação para combater o tráfico de drogas, apreensão de armas de fogo nas cidades de Valença, Novo Oriente e Aroazes.  Foram presas até o momento 8 pessoas.

 Ao todo estão sendo cumpridos 15 mandados, dentre buscas e apreensões, prisões temporárias e três preventivas. Até o momento foram apreendidas armas, além de animais que estavam sofrendo maus tratos através de uma “rinha” de galo e pássaros em extinção.

O foco da operação é no combate ao tráfico de drogas e uso ilegal de armas de fogo, além do cumprimento de dois mandados de prisão preventiva pelo crime de Estupro de Vulnerável.

Importante dizer que o tráfico de drogas é um dos grandes males que assola nossas cidades e que combater esse ilícito está cada vez mais difícil devido ao fato de que os traficantes estão ocultando cada vez mais as drogas, dificultando o trabalho investigativo. Porém, a Polícia Civil trabalha incansavelmente e se usa dos meios disponíveis para a produção de provas que são aptas a subsidiar o processo judicial e uma eventual condenação dos mesmos e, ainda que não localize a droga, procura garantir que tal crime não fique impune.

A “Operação Vale do Sambito” conta com o apoio da Gerência de Policiamento do Interior (GPI) e das Delegacias de Inhuma, Elesbão Veloso, Picos e Barro Duro e envolve cerca de 30 Policiais Civis.

Compartilhe

Deixe seu comentário