Portal V1

Posse de suplente gera polêmica em sessão. Veja os motivos

28/01/2013
vereadores Ielva Melão (PPS) e Joaquim Filho (PTB)

vereadores Ielva Melão (PPS) e Joaquim Filho (PTB)

A sessão dessa segunda contou com a presença do suplente de vereador Lucivaldo Monteiro que assumiu a cadeira deixada pela vereadora Ceiça Dias. A posse do vereador gerou um mal estar entre os vereadores Joaquim Filho e a presidenta Ielva Melão devido à forma adotada pela presidência na condução da posse do suplente.

Joaquim Filho disse que o suplente ao tomar posse, assim como os demais vereadores precisa prestar o juramento ao cargo e não só apenas tomar assento como aconteceu na sessão desta segunda-feira (28). A presidenta Ielva Melão discordou da obrigatoriedade e não procedeu ao juramento.

Nas ultimas duas posses de suplentes na Câmara Municipal a do vereador Valdefran Vieira no dia 30 de janeiro de 2009 e no dia 28 de junho de 2010 na posse do vereador Benedito Gomes os dois suplentes que assumiram as cadeiras dos vereadores e Walfredo Filho e Joaquim Filho respectivamente prestaram o juramento nas duas oportunidades.

Compartilhe

Deixe seu comentário