Valença do Piauí, 21 de jan, 2021

Salão do Livro de Valença não acontecerá esse ano. Saiba os motivos

KÁSSIO GOMES E ANTÔNIO JOSÉ

A cultura valenciana ficará mais pobre esse ano. Ao contrário do que vinha acontecendo nos últimos seis anos, nesse ano de 2011 não teremos a realização do Salão do Livro de Valença (SALIVA), a decisão foi repassada ao portalv1 pelo coordenador do salão professor Kássio Gomes. O motivo para a não realização do salão do livro é a falta de apoio para a realização do evento literário, que se tornou nesses anos o maior evento cultural da região valenciana, sendo inclusive copiado por outras cidades.

De acordo com Kássio Gomes, o evento se tornou inviável devido à falta de recurso, uma vez que o salão há muitas edições deixou de ser um evento local para se tornar um evento nacional, uma vez que na última edição, por exemplo, os palestrantes eram do sul do país e até internacional como o africano Ricardo Ossagô da Guiné Bissau. Kássio Gomes disse ainda que ano passado a Câmara Municipal aprovou uma dotação de 10 mil reais para o salão, mas no entanto essa verba nunca foi oferecida de fato a organização do evento, apesar de no jornal informativo dos 249 anos a prefeitura destacar e assegurar a realização do evento que é orçado em R$ 25 mil reais.

Além do grande problema para a arrecadação de fundos, o coordenador destaca que esse ano não deu mais para custear as despesas da forma que vinha acontecendo. “Ainda hoje pago um empréstimo pessoal que fiz para ajudar no custeio do evento, mais não posso mais até pelo fato de ainda está pagando dívidas dos eventos anteriores” justificou.

Ele informou que foi realizada uma reunião entre os organizadores e foi definido que não havia mais possibilidade de continuar o projeto. “Ao final da reunião nos emocionamos muito pelo fim do salão, fica a esperança de que as pessoas sintam falta e nos ajudem no próximo ano e se a prefeitura quiser assumir o evento pelo fato de ter verbas publicas esteja a vontade o que não queremos é parar o evento” disse.

O secretário de cultura Antônio José disse ao portalv1, que ao contrário do que foi dito pelo professor Kássio Gomes, a prefeitura não se negou a apoiar o evento. Segundo o mesmo, o que houve foi uma falta de interesse do coordenador que não providenciou o projeto do salão. “Em setembro conversei com o prefeito sobre o SALIVA e ele pediu para trazer o projeto, o que não foi feito pelo Kássio” afirmou. Antônio José disse ainda que houve uma discussão sobre a quantidade de dias do evento. “Foi sugerido dois dias de evento, assim como acontece em Elesbão Veloso, por exemplo, mas ele disse que ou eram quatro ou nada” afirmou. Ele lamentou a não realização do salão do livro, mais afirmou que a culpa não pode ser atribuída apenas aos apoiadores do evento.

20 Comentários

GEOVANE VIEIRA

A prefeitura municipal já deveria ter assumido esse grande evento a muitos anos, é um evento que já faz parte da agenda cultural de nossa comunidade estudantil. E não precisa ficar discutinto a paternidade do evento, todos sabem que foi idealizado pelo Prof. Cassio Gomes e não vejo motivos para não se consolidar essa parceria, motivos policos não tem, Kassio sempre comungou do projeto politico do prefeito, financeiro tambem não tem, pois, a bem poucco tem a camara autorizou o uma suplementação orçamentaria na ordem de 3,5 milhões, daria para destinar ao menos 1% para custear esse grande evento.
Apenas lamentamos.

25 nov, 2011 Responder

Daniel Sousa

Cidade do já teve rssrsrsr Isso é bom pra esse professor aprender a votar.

25 nov, 2011 Responder

Kássio Gomes

Verdade, Geovane Vieira, o projeto sempre esteve com a Prefeitura e o motivo de não termos levado esse ano foi justamente a falta de compromisso. Todos os anos acordamos com a Prefeitura uma coisa e quando o resultado vem é bem diferente do acordado, além de termos que passar por outros constrangimentos. Nunca fomos chamados pela Prefeitura para uma reunião. E esse ano preferimos não marcar nenhuma, uma vez que temos percebido ao longo destas seis edições que na verdade o evento não é de interesse do município. Agora mesmo foi realizado um evento com gastos de R$ 30 mil no CSU, por que motivo não nos convidaram para fazer junto com o SALIVA, que está dentro do perfil e consolidado? Lamento, mas não tenho mais pique. O Prof. Antônio José sabe das dificuldades que temos tido para manter diálogo com executivo nesse sentido.

25 nov, 2011 Responder

Geovane Vieira

A cultura de Valença sempre se limitou a um simples cargo de Secretario/a, sempre me causou tristeza ver a subordinação (dependencia) do Prof. Antonio José com esse modelo administrativo, a única ação “cultural” que o Antonio José tem direito de realizar é festa em praça publica. Acorda pra Jesus Professor Antonio José, como vc sabe Cultura é muito mais que isso. Como diz o poeta: é melhor morrer em pé do que viver de joelho.

27 nov, 2011 Responder

e.oliveira

GENTE, ESSE ANO NÃO TEM O SALIVA, MÁS HAVERÁ OUTRO EVENTO DE TAMANHA OU DE MAIOR PROPORÇÃO AO MESMO, ESPERO QUE TODOS POSSAM PRESTIGIAR A SEMAT, 1ª SEMANA DA MATEMÁTICA DE VALENÇA DO PIAUÍ, QUE ACONTECERÁ NOS DIAS 06,07 E 08 NA UESPI, FAÇAM SUAS INSCRIÇÕES E PARTICIPEM DO MESMO, POIS VALENÇA A MUITO TEMPO TEM TURMAS FORMADAS NAS ÁREAS DE FÍSICA E MATEMÁTICA E NUNCA HOUVE UM EVENTO NA ÁREA, ESSE ANO, OS GRADUANDOS DOS BLOCOS VI E VII DE MATEMÁTICA, RESOLVERAM FAZER ESSE EVENTO, JUNTAMENTE COM OS PROFESSORES E COORDENADORES DA UESPI, COM CERTEZA VAI SER O MAIOR EVENTO DA ÁREA DA MATEMÁTICA EM TODA A MICRO REGIÃO VALENCIANA, POR ISSO, QUEM SEMPRE FOI AO SALIVA, NÃO DEIXE DE IR À ESSE EVENTO

25 nov, 2011 Responder

Igo Mendes

Tudo em Valença as pessoas pegaram a mania de botar culpa em politica.
caro geovane como empresário e cidadão vc bem que deveria dar sua parcela de contibuição, nao só vc como outros que só lamenta.
chega de lamentações.

25 nov, 2011 Responder

Geovane Vieira

Para seu governo caro igor, sempre contribui com os eventos culturais de valença, tanto apoiando financeiramente como produzindo material informativo, como palestras e outras formas de socializar o conhecimento. A última foi no dia 17/11/2011, para os alunos do Colégio Santo Antonio no auditorio daquela escola de forma gratuita em parceria com o SESC e o INSS.

27 nov, 2011 Responder

Igo Mendes

admiro o empresário Rubens Alencar por que em vez de lamentar, põe a mão na massa e faz. agora fica pessoas que num apoia nem um evento em valença e fica culpando prefeitura e A e B, Cara faça sua parte, que eu tô fazendo a minha.

25 nov, 2011 Responder

Kássio Gomes

A SEMAT certamente será um sucesso. Boa parte dos seus organizadores sempre nos ajudaram a realizar o SALIVA que é um esforço coletivo, meu caro Daniel. Não se trata de em quem votar, vivemos uma democracia e optamos por nossas convicções. Mas, voltando à SEMAT, estarei ajudando a convite dos amigos da UESPI que farão esse evento que vem a ser de grande importância para a nossa cidade. O SALIVA, a SEMAT e tantos outros deverão ter sim o apoio de órgãos instituicionais e privados, é uma questão de bom senso. Convido a todos que garantiram sempre o sucesso do SALIVA a se juntarem à SEMAT. Não quero polemizar, por isso deixo o SALIVA à disposição daqueles que sabem fazer melhor do que eu. Parabéns aos graduandos de matemática pela iniciativa. Estarei com vocês nessa empreitada.

25 nov, 2011 Responder

dk

Caro Professor (o salipi era realizado pela Adich, no que me consta era feito pelo um grupo de jovens. Talvez por sua idéia de autopromoção é que chegou ao fim. Que pena, mas você ao invés de fazer o nome da INstituição fez o seu, tanto que vários fundadores do grupo, a exemplo do Aílton, já se desligaram.

30 nov, 2011 Responder

Janaína

Prof. Kassio aproveite para nas próximas eleições fazer tietagem nos palanques, assim pode ser que arranja patrocínio!

25 nov, 2011 Responder

Janaína

Oh Deus, perdoe este pobre coitado
Que de joelhos rezou um bocado
Pedindo pra chuva cair, cair sem parar

Oh Deus, será que o senhor se zangou
E só por isso que o sol se arretirou
Fazendo cair toda chuva que há

Oh Senhor, eu pedi para o sol se esconder um pouquinho
Pedi pra chover, mas chover de mansinho
Pra ver se nascia uma planta, uma planta no chão

Oh meu Deus, se eu não rezei direito,
A culpa é do sujeito
Desse pobre que nem sabe fazer oração

Uou ô ô…. (vocalização)

Meu Deus, perdoe eu encher os meus olhos de água
E ter-lhe pedido cheio de mágoa
Pro sol inclemente se arretirar, retirar

Desculpe eu pedir a toda hora pra chegar o inverno
E agora o inferno queima o meu humilde Ceará

Oh Senhor, eu pedi para o sol se esconder um pouquinho
Pedi pra chover, mas chover de mansinho
Pra ver se nascia uma planta, uma planta no chão ê ê

Uou ô ô…. (vocalização)

Ganancia demais
A chuva não cai mais
Corro demais
Política demais
Tristeza demais
Interesse tem demais
Ganancia demais
A Fome demais
A Falta demais
Promessa demais
Seca demais
A chuva não tem Mais
Ganancia demais
Chuva tem não tem não tem é demais
Pobreza demais
Povo tem demais
(mistura alguns trechos)
O povo sofre demais…

25 nov, 2011 Responder

Aílton Carvalho

Eu, na condição de um dos fundadores deste evento, lamento profundamente que este ano não aconteça e que também esteja, a partir deste instante, a fazer parte da galeria de coisas boas que Valença já teve. Há quatro anos, já não faço mais parte a organização do mesmo. No entanto, nunca fui obstáculo para a sua realização. Agora, é preciso dizer que desde o anos de 2010, venho alertando, sobre a necessidade de procurar outros caminhos alternativos para a realização do SALIPI ou SALIVA, como queiram chamar. Venho batendo nesta tecla e dizendo que essa de confiar apenas no apoio da Prefeitura era muito arriscada, uma vez que era uma coisa incerta. O Salão cresceu muito e com ele também cresceu a sua importância e relevância. Acho que a organização pecou muito em confiar no poder público. Mesmo assim,é triste ver isso, pois só quem perde é a nossa cidade, que mais uma vez mostrou que continua andando para trás. Era o que tinha a dizer.

25 nov, 2011 Responder

Ingrid

Lamento profundamente, pelo evento ter acabado.
Na minha opinião foi o melhor evento cultural ja realizado em Valença do Piauí.
Parabéns ao Professor Kassio, por ter tido a iniciativa ao longo desses anos. Você fez a sua parte, e muito bem feita, por sinal. Lamento porém, pelas autoridades e políticos de Valença, não terem feito a parte deles.
(Obs: Se fosse uma festa dançante, todo mundo patrocinava!)Lamentável!!!

26 nov, 2011 Responder

Kássio Gomes

O Poeta Salgado Maranhão que chegou recentemente dos EUA onde lançou seu Livro Sol Sanguíneo, lamentou profundamente a não realização do evento este ano. Ele cuja sensibilidade é maior que a de qualquer classe política disse que para o próximo ano vai buscar apoio no RJ onde ele mora para ajudar o evento em Valença. Como o Aílton disse, realmente pecamos em confiar demasiadamente no poder público. Mas infelizmente, Aílton, não tínhamos em que nos agarrar. Caso dê certo, ano que vem voltamos, com outras alternativas quem sabe. Obrigado Íngrid pela força. É bom ver comentários sem as conotações políticas que só empobrecem a nossa cultura. O que é bom tem que ser preservado independentemente dos políticos e vamos lutar muito no ano de 2012 para voltarmos a todo vapor com o SALIVA. Ajudem-nos a fazer esse evento com as ideias de vocês.

Grande abraço

26 nov, 2011 Responder

dk

mentes pobres como
a do sr. daniel sao piores do que a falta de apoio.ah,nao conheço o cassio,mas compreendo a grande importancia deste evento,ja que tambem sou professor .

26 nov, 2011 Responder

Janaína

Não acredito que falar a verdade seja pobreza intelectual. Eu sei que não tenho nada a ver com as escolhas políticas de ninguem, mas sou totalmente contra demagogia exacerbada.
E outra, não é porque não concordo com a conduta de alguns dirigentes que não apreciava o Salipi. Pelo contrário, sempre participei e até acho que Valença só tem a perder.

27 nov, 2011 Responder

Prof. Daniel

Não tem mais o que dizer, apenas lamentar.

27 nov, 2011 Responder

Daniel Sousa

Pq mente pobre DK? Se estou reclamando é pq o professor ao invés de atacar o problema na raiz fica aí chovendo no molhado, quem … é que não sabe q o SALIPI não foi realizado por falta de apoio? E pra ele ter esso apoio, primeiro tem que escolher um governante que tenha compromisso com o futuro dos valencianos, pq ele e toda Valença sabe, que esse q tá aí num tá muito preocupado não.

28 nov, 2011 Responder

faça justiça

O Prof. Kassio pecou muito, o Salipi (Saliva) é um evento promovida pela ADICH, e o citado Professor aproveitou para se promover, como é o seu costume, deixando de lado a Instituição. O mesmo se declarava prosidente de tal órgão quando era outro integrante. Tamanha foi a autopromoção que a maioria do membros fundadores já se desligaram da Adich

30 nov, 2011 Responder