Portal V1

SECRETARIA DA AGRICULTURA – UMA LUTA PARA CONTINUAR EXISTINDO!

24/05/2009

O Dr. Renato Sátiro, Secretário Municipal de Agricultura e Meio Ambiente do Município de Valença pediu exoneração do cargo muito antes que pudesse atingir o mínimo das boas intenções que me disse ter para colocar a pasta num ‘clima’ de importância e destaque. Graduado em agronomia e também em direito, numa rapidíssima conversa que tivemos ainda na Semana Santa, Dr. Renato adiantou que teria assumido a Agricultura com o propósito de dar importância e visibilidade ao setor primário, que ambicionava independência administrativa e financeira para poder tocar um projeto de revitalização do setor no Município. Como de fato não demorou sequer cinco meses a gestão de vanguarda prometida, concluo que ele não conseguiu receber apoio para o seu projeto e não aceitou permanecer secretário apenas para receber salário sem ter as condições de produzir o que ele planejou. Os argumentos expostos na imprensa até que foram outros, no entanto as evidencias pronunciam que ele não quis ser apenas mais um. Na administração pública persistem esses gargalos, quando aparece alguém com qualidade e boa vontade, logo lhe cortam as ‘asas’, apagam-lhe a ‘luz’ para não alçar vôo e nem deslumbrar quem já está escalado para voar e brilhar. Com raríssimas exceções, essa prática aqui é uma regra, dá-se preferência a quem não faz porque não sabe fazer, quem aceita ganhar pouco sem reclamar, e não está nem aí para críticas e avaliações negativas que receba. O Dr. Renato seguramente, não quis ser isso, pediu o ‘boné’, lógico que deu outras desculpas para se sair bem ‘na fita’, afastou-se do mico antes que tivesse que pagá-lo caro. E a Secretaria da Agricultura continua com esse caiporismo de ser um órgão que nunca foi visto com a simpatia dos governantes. Lembro-me, poucos anos atrás um prefeito propôs a sua extinção, aliás, tenho até a cópia do projeto com justificativa e tudo, na época houve reação dos vereadores, a proposição foi pedida de volta, mesmo assim a Secretaria de Agricultura continua manca, sendo de direito o que nunca foi de fato.  Espera-se que o novo secretário, um jovem recém formado, tenha a simpatia do poder e possa  mostrar o seu trabalho.

[email protected]

Compartilhe

Deixe seu comentário