Portal V1

Sonho Que Se Sonha Só.

26/05/2009

A discussão sobre a desapropriação da “Maternidade Chiquinha Nunes” mostrou que os vereadores estão prontos para apresentarem sugestões para revitalizar aquela área, que fica localizada em frente ao terminal rodoviário. Três vereadores expuseram seus desejos ao se pronunciarem sobre o assunto. O vereador Tico Adriano defendeu que a área seria ideal para a construção de um centro empresarial, o vereador Lindomar Amâncio defendeu a construção de uma praça e o vereador Joaquim Filho um centro cultural.

O assunto veio à tona na sessão, depois da notícia que os comerciantes que construíram seus estabelecimentos no terreno correm o risco de serem expulsos do local. Os vereadores lembraram que a maternidade foi construída a mais de 30 anos e nunca serviu a população. Se depender dos vereadores não faltará sugestões ao Executivo para a revitalização da área. Falta só coragem em desapropriar.

Compartilhe

2 Comentários

  1. DAMÁSIO ARAÚJO em 28/05/2009 às 17:22

    a discussão em torno da desapropriação ou não da antiga maternidade ao lado do terminal rodoviário, que se diga de passagem, maternidade só no nome, é interessante, e quando parte dos representantes do povo torna-se mais ainda.Aquele prédio,que nada mais é do que um arcabouço, abarrota a imagem da cidade, deixa-a mais feia e descaracterizada. Acho que o executivo deve ter coragem para conduzir o ato de desapropriação de referido terreno, assim como o fez em tempos outrora, quando do terreno do terminal rodoviário. Contudo surgiro que o mesmo seja, refromado, ampliado ou construído um centro artesenal Valenciano, ante a sua localização.
    Fica aí a minha contribuição.Contem comigo.
    abraço Damásio

  2. francisco otavio em 02/06/2009 às 16:26

    E necessário a desaproiação daquela naternidade que nunca funcionou, pode cosntruir um moderno centro de cultura algo que traga lazer e entretenimento a populaçao valencana. já que a mesma é carente na area cultural.
    E preciso coragem e deternimação politica para fazer valer os direitos da populçao da cidade.

Deixe seu comentário