Valença do Piauí, 15 de jan, 2021

TCE reconsidera decisão que bloqueou contas de Ipiranga do Piauí

prefeita Iolanda Rêgo

Por decisão do Tribunal de Contas do Estado (TCE), o município de Ipiranga do Piauí teve suas contas bloqueadas. Após a determinação, a atual gestora, Iolanda Rêgo ficou impossibilitada de realizar qualquer transação financeira, porém na manhã de hoje (9) a prefeita teve seu pedido de reconsideração acatado.

A decisão, cujo relator foi o Conselheiro Luciano Nunes, acusa a atual gestora de se negar a instituir a equipe de transição para fornecer informações ao futuro gestor, José Santos Rêgo, sobre contas públicas, programas e projetos da gestão. A prefeita Iolanda Rego considerou a decisão equivocada e afirmou que já recebeu alguns membros da comissão formada pelo futuro gestor.

“No dia 23 de outubro, recebi a equipe composta pelo  prefeito e reafirmei minha disponibilidade. Vários pedidos de informações já foram atendidos. Estamos organizando todas as pastas para que o futuro gestor não tenha dificuldades. Sou Ipiranguense e tenho interesse de que a gestão continue boa em meu município. Faço questão de fornecer alguns dados, pessoalmente, sobre a gestão”, informou a gestora.

Em documento publicado no Diário Oficial Eletrônico n°161/12, o relator solicitou que a prefeita apresentasse a ele as folhas de pagamentos de pessoal, de despesas inadiáveis e referente à liberação de recursos, especialmente nas áreas de saúde e educação. Os documentos já foram apresentados ao relator do processo e na manhã de hoje (9) o conselheiro acatou o recurso e solicitou que seja providenciado o documento oficial para o desbloqueio das contas. “Estou saindo da prefeitura, mas estou deixando dinheiro nas contas e algumas obras só esperando a licitação, como as academias de saúde e a reforma e ampliação de nosso postinho”, comenta.

 

Prestação de Contas

Em relação à acusação de que as contas da prefeitura não estão em dia, Iolanda Rego rebate as acusações e argumenta que o município não possui nenhum problema com relação à prestação de contas e que os balancetes podem ser vistos por qualquer pessoa interessada.

 

Cidadeverde.com

0 Comentário