Valença do Piauí, 02 de dez, 2023

Com apoio de Lula e Wellington Dias, Rafael fica 22 pontos à frente de Sílvio

Em pesquisa realizada pelo Instituto R10 Comunicação, o pré-candidato a governador do Piauí pelo Partido dos Trabalhadores (PT), Rafael Fonteles, tem 45,60% das intenções de voto com apoio de Lula e Wellington Dias, contra 23,60% de Silvio Mendes, pré-candidato pelo União Brasil, com apoio do ministro Ciro Nogueira, da Casa Civil do Governo Bolsonaro.

No confronto direto, Rafael aparece atrás de Sílvio na disputa para as eleições de 2022, com 23,80%, enquanto Sílvio tem 29,25% na pesquisa estimulada. Mas o que se observa é um crescimento exponencial do cabeça de chapa do PT a cada pesquisa divulgada.

Na mesma pesquisa estimulada, Major Diego (PL) aparece com 2,45% e Gessy Fonseca (PSC) com 1,80%. Também são citados Wallace Miranda, do Novo (0,85%); Cleiton Popular, do PTB (0,40%) e Alessander Mendes, do Podemos (0,30%). Não sabe/Não opina somam 27,45% e Nenhum/Ninguém, 11,60%. Outros 2,10% votariam nulo ou branco.

Na espontânea, Rafael e Silvio Mendes estão tecnicamente empatados, com 7,95% e 9,35%, respectivamente. Wellington Dias também é citado na espontânea por 2,90% dos eleitores pesquisados.

Para 27,25% dos entrevistados, Rafael Fonteles também é o nome que representa a renovação na política do Piauí, segundo a pesquisa do R10. Já Silvio obteve 20,80%, Major Diego 2,95% e Gessy Fonseca ficou com 2%.

Lula e Wellington disparam para presidente e senador

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva lidera com folga no Piauí para presidente, com 67,20% das intenções de voto na pesquisa estimulada. O presidente Jair Bolsonaro aparece com 15,95%. Ciro Gomes vem bem abaixo, com 4,85%. Bolsonaro tem maior rejeição: 56,85% dos eleitores piauienses dizem que não votam nele, contra 15,75% que dizem não votar em Lula.

Na espontânea, Lula tem 58,40% e Bolsonaro, 14,50%. Ciro Gomes (PDT) tem 2% e os outros pré-candidatos pontuaram menos de 1%. 

Já na eleição para senador, o ex-governador Wellington Dias (PT) aparece bem à frente na pesquisa estimulada, com 47,70%, enquanto o ex-secretário municipal de educação, Kleber Montezuma (PSDB), aparece com 8,70% e o ex-prefeito de Floriano, Joel Rodrigues (PP) tem apenas 6,80%, ambos apoiados por Ciro Nogueira

Na pesquisa espontânea, Wellington teria 12,20% dos votos hoje, contra 1,90% de Joel Rodrigues e 1,55% de Kleber Montezuma.

Dados da pesquisa

A pesquisa foi realizada entre 31 de março e 06 de abril em 120 municípios de todas as regiões, com 2 mil entrevistados. A margem de erro é de 2,2% para mais e para menos. Está registrada no TRE com o número 06267/2022.

Fonte: R10

0 Comentário