Portal V1

Corpo da senhora Marlene Lima (Nôia) é sepultado em Valença do Piaui

25/09/2020

Foi sepultado na tarde desta sexta-feira, dia 25 de setembro, o corpo da senhora Marlene Lima (Nôia) de 73 anos que morreu nesta sexta-feira por complicações causadas pelo novo coronavírus (Covid-19).

O sepultamento foi realizado obedecendo os protocolos para pessoas com sintomas da Covid-19. Ela estava internada no Hospital Regional de Picos. Ela foi a 11ª vítima de Covid de Valença.

LUTO

Histórico 

Marlene Lima! Nôia para grande parte da cidade, Noinha, para os mais próximos ainda! Viveu a vida confirme os desígnios Divinos, tornou um vulto característico da cidade, foi aluna do Instituto e do Ginásio Santo Antônio, enveredou para cultura popular, ao lado do seu esposo Raimundinho vaqueiro, quantas valsas dançaram neste palco do Colégio Santo Antônio, quando das apresentações culturais a convite do saudoso Prof. Solimar Gomes.

Noinha e Raimundim, o casal nota 10 das noites culturais. Foi quadrilheira e transformou um terreno ao lado de sua residência num espaço cultural, cuja culminância era o almoço da sexta-feira Santa, em junho a quermesse a Antônio Luiz, em agosto o são Gonçalo e em outubro a cantoria, sem contar com a quermesse dedicada ao Divino Espírito Santo.

Foi assim a Marlene Lima, uma persona participe dos movimentos sociais e culturais que se imortalizada na cultura de Valença. A menina nascida naquela rua Mundico Dantas esquina com Antônio Veloso, é criada na Rua Padre Silva. Marlene Lima, é membro da Confraria Do Divino Espírito Santo! Foi a mulher, ficou a História e a certeza do dever cumprido.

Professor Antônio José

Compartilhe

Deixe seu comentário