Valença do Piauí, 24 de jul, 2024

Dia Nacional da Consciência Negra: Por Vicente Izidorio

conscienciaAcredito que o dia 20 Novembro é uma data muito importante para a reflexão e a elevação da consciência da População Negra do Brasil. Assim como foi abolido a escravidão em Novembro 1888 igualmente deve ser o sentimento de melancolia e de auto piedade que muitos dos nossos irmãos ainda nutrem, sufocado pela dor da escravidão e humilhação do preconceito racial.

Mesmo diante da adversidade que a vida nos impôs é possível buscar energia para lutar por dias melhores em defesa dos nossos direitos Assim como fizeram grandes heróis negros, que infelizmente a historia oficial do país escode.

Esses personagens tiveram um papel importante para os avanços dos direitos conquistados no seu tempo, me refiro a: João condido que liderou a revolta da chibata 1910 finalizado um ciclo de castigo e humilhação que era imposto aos marinheiros negros da marinha brasileira Francisco Jose do Nascimento (o Dragão do mar), que após a libertação dos escravos no estado Ceará em 25 de março de 1881 lutou com bravura juntamente com outros jangadeiros impedindo a entrada e saída de navios com carga humana escravizada.

E Zumbi dos Palmares que morreu em uma batalha sangrenta contra as tropas de Domingos Jorge velho em defasa de seu povo. No que se refere a religião temos um histórico  de preconceito e perseguição, as religiões de matriz africanos, infelizmente são duramente criticadas e seus frequentadores descriminados.

Tenho ainda bem vivo nas minhas lembranças quando em 1972 aproximadamente, um grupo de umbandista, e entres estava a Dos Santos, filha do senhor Antônio de Matos, iriam realizar o primeiro culto de umbanda em Valença culto esse que foi duramente reprimido pela força policial da época só sendo permitido depois de uma autorização que vinha da capital.

Nessa data quero saudar a todos os irmãos negros do Brasil e do mundo em nome da Chiquinha do PT e da dos Santos filha do Senhor Antônio de Matos. A Dos Santos porque lutou bravamente em defesa de sua religião. E a Chiquinha por ser a primeira jovem negra a se engajar em um projeto politico revolucionário e transformador e pela sua trajetória de luta em defesa Valença do Piauí e do Brasil.

Que este 20 de novembro assim como todos os outros sejam de muitas festividades, alegrias e renove nossas energias para continuarmos a nossa trajetória para conquista de direitos de igualdade e de oportunidade. E que estejamos todos, homens e mulheres negras irmanados nesta caminhada pela liberdade pela consciência da diversidade cultural.

 

Vicente Izidorio Soares

Téc Em Segurança do Trabalho e Meio Ambiente

3 Comentários

Antonio Alves de Araújop

Vicente, você é um cabra forte e decidido nas suas posições, eu quero parabenizar pela matéria e que nós negros de Valença sabe muito bem o que é discriminação racial pelo que vivemos em nossa infância e juventude em nossa cidade como vítimas, mas graças à Deus nós somos fortes o suficiente para suportar e saber perdoar aos que nos tratam com desprezo e preconceito. Só sabe perdoar quem é superior e nós somos eu, você, a Chiquinha e tantos outros companheiros da nossas querida Valença.
Somos negros com orgulho. PARABENS!

20 nov, 2014 Responder

Francisca Costa

Vicente meu amigo, dia 20 e 24 de novembro estivemos reunidos no auditório do Colégio Santo Antônio no Encontro Territorial promovido pela Escola Paulo de Tarso que reunia três territórios Guaribas, Canindé e Vale do Sambito, o número de participantes mais 300 agricultores e agricultoras.
Neste dia 20 de novembro fizemos um momento desta data com a negra Hortência da Cáritas e Pedro Feliciano da comunidade quilombola da Tranqueira, obrigado por fazer referência a nossa luta.
A LUTA CONTINUA!

21 nov, 2014 Responder

JOTA JUNIOR

Parabéns uma verdadeir, aula de historia que não se aprende nas escolas mas na pratica. Todos nós temos que ter consciência e lutar pelos nossos direitos e deveres. Abraços.

22 nov, 2014 Responder