Valença do Piauí, 16 de out, 2021

Dra Martalene Silva emite nota sobre fake news a seu respeito

Drª Martalene Silva

A presidente da Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil, Drª Martalene Silva publicou em suas redes sociais uma nota de esclarecimento sobre informações que circularam nas redes sociais de que ela teria Testado Positivo para o Coronavírus.

A advogada lamentou a publicação e disse que ela surgiu depois que ela participou de uma conferência em Fortaleza, onde uma das palestrantes foi testada positivamente.

“Não tive contato com a advogada pernambucana, pois ela era uma das conferencistas, mas nem ao menos assisti a sua palestra, pois no mesmo horário estive em painéis diferentes” disse.

Martalene Silva lamentou a maldade da publicação. “É lamentável que num momento como essas pessoas venham divulgando fake News com algo tão grave” disse a presidente. Veja a nota na integra da advogada que aborda todos os pontos da publicação envolvendo seu nome. 

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Por meio dessa nota esclareço inverdades que circulam nas redes sociais afirmando que contrai coronavírus e estaria internada em isolamento em Teresina.

Pegaram um áudio de uma advogada pernambucana e divulgaram como se fosse meu. A maldade foi tamanha que a fotografia da pessoa que está infectada, segue junto ao áudio, mas não observaram que nem sequer ela parece comigo, muito menos a sua voz, que é carregada de sotaque pernambucano.

É lamentável que num momento como essas pessoas venham divulgando fake news com algo tão grave.

Para que não causem mais alarde, esclareço que estive na Europa em agosto de 2019, quando nem se falava em covid-19 e estive em Fortaleza num congresso que acabou dia 06.03.

Não tive contato com a advogada pernambucana, pois ela era uma das conferencistas, mas nem ao menos assisti a sua palestra, pois no mesmo horário estive em painéis diferentes. Ainda assim estou em casa, pois realmente participei do congresso em Fortaleza.

Peço que as pessoas se abstenham de divulgar essa mentira, pois não desenvolvi nenhum sintoma até hoje e já distam 12 dias de lá para cá.

Tomem as devidas precauções e se lembrem que sou mãe, jamais colocaria em risco a vida de qualquer ser humano, sobretudo da minha filha que está 24hs comigo.

0 Comentário