Portal V1

Eleição da APPM está polarizada entre os prefeitos Zito e Macedo

13/12/2008

O prefeito de Paulistana e ex-presidente da Associação Piauiense dos Municípios (APPM), Luís Coelho, desistiu de disputar a Presidência da associação alegando que a disputa fragiliza a instituição. A disputa está polarizada pela candidatura de Zito Lopes, de Água Branca, e de Francisco Macedo, de Bocaína. Até duas semanas atrás, a APPM tinha dez candidatos. As chapas estão se compondo, selecionando os cargos da diretoria. Luís Coelho disse: “só serei candidato a presidente sem disputas”, afirmou o prefeito reeleito de Paulistana. Ele apelou para haver um consenso na associação, para mantê-la forte e representativa. Segundo ele, a disputa inviabiliza inclusive o funcionamento da APPM. Luís Coelho frisou que geralmente quando há disputa o grupo que perde cancela a filiação e deixa de contribuir com a associação, inviabilizando-a inclusive financeiramente. O prefeito de Água Branca, Zito Lopes, mantém a sua candidatura e disse que está articulando os votos no interior. “Estou viajando o interior, conversando com os colegas e temos feitos bons contatos, se nossa candidatura está mais forte”, emendou. Zito Lopes disse que seu nome tem boa aceitação e esteve conversando os prefeitos em várias ocasiões, a última foi na reunião dos prefeitos eleitos com o Governador Wellington Dias. “Esta candidatura não pertence mais a mim, mas a um grupo”, comentou o prefeito de Água Branca. Ele recebeu o apoio incondicional dos prefeitos do PSB e aliados. O prefeito de Barras, Manin Rego, confirmou que está fazendo articulação com os prefeitos do Norte do Estado para apoiarem a candidatura de Zito Lopes. Na segunda-feira haverá uma reunião onde mais de dezesseis prefeitos declaram apoio a Zito Lopes. “A articulação foi feita e acreditamos na vitória de Zito”, comentou Manin Rego que faz a articulação juntamente com o prefeito de Porto, Dó Bacelar.

Compartilhe

Deixe seu comentário