Portal V1

Hospital Regional de Valença realiza triagem para cirurgia de catarata

27/07/2015
Hospital Regional Eustáquio Portela

Hospital Regional Eustáquio Portela

O Hospital Regional Eustáquio Portela recebeu nesta sexta e sábado uma equipe do Projeto Olhar Brasil responsável pela preparação dos pacientes que serão beneficiados com as cirurgias de catarata que será promovida pelo hospital regional nos próximos dias.

Segundo o diretor do hospital Zé Filho o mutirão irá atender 100 pessoas. A vinda da equipe a Valença é uma ação conjunto da secretária estadual da saúde, por intermédio da direção do hospital regional, tendo o deputado federal Assis Carvalho (PT) como fomentador da inclusão do hospital regional no projeto.

“Graças ao empenho do deputado federal Assis Carvalho, do secretário estadual de saúde Dr. Francisco Costa, lideranças como Rubens Alencar, Geovane Vieira e da nossa equipe gestora conseguimos trazer esse projeto pra Valença que por sinal é a primeira cidade do Piauí a ser beneficiada” comemorou o diretor Zé Filho.

O diretor explicou que nesse primeiro momento está sendo feita em triagem com especialistas, onde os mesmos avaliam a necessidade o não da cirurgia. “Havendo a necessidade os pacientes são encaminhados para a cirurgia que acontecerá aqui mesmo no hospital” disse.

O coordenador da equipe o oftalmologista Dr. Weimar Santos explicou que a data das cirurgias será agenda nos próximos dias. “Vamos trazer toda a equipe composta por seis especialistas que poderão fazer até 30 cirurgias por dia” afirmou.

Ele explicou que a cirurgia não é tão complexa consistindo na retirada da parte afetada e na colocação de uma lente adequada as necessidades de cada paciente que receberão anestesia local. Ele elogiou a direção do hospital pela realização do mutirão. “Imagine a quantidade de pedidos que existem para esse tipo de mutirão. Valença é a primeira cidade do estado a receber esse mutirão vamos realizar 100 cirurgias e dependendo da demanda vamos realizar outras e mais outras. Valença tá de parabéns pela equipe gestora do hospital comanda pelo diretor Zé Filho” disse

Rubens Alencar que colaborou com a vinda da equipe a Valença afirmou que o mais importante desse mutirão é que os pacientes que em sua grande maioria são pessoas acima de 50 anos não precisarão se deslocar para Teresina. “Além dos gastos com a cirurgia, transporte, hospedagem e o cansaço natural esses procedimentos maltratam muito. Aqui eles terão tudo de graça e perto da família. Nossas palavras são agradecimentos à sensibilidade da direção do hospital e da secretaria estadual de saúde por esse grande beneficio a Valença” finalizou.

.

Compartilhe

Deixe seu comentário