Portal V1

Júri absolve acusada da morte de ex-primeira dama de Lagoa do Sitio

14/09/2018

Lagoa do Sitio

O Tribunal do Júri da Comarca de Valença em sessão presidida pelo juiz Dr. Juscelino Norberto absolveu, nesta quinta-feira (13), Noêmia Maria da Silva Barros da acusação de homicídio praticado contra a ex-primeira dama de Lagoa do Sitio Gercineide Monteiro (35) em fevereiro de 2015.

Com essa decisão, os dois réus do processo Noêmia Barros e o ex-prefeito de Lagoa do Sitio Zé Simão foram inocentados ficando o homicídio sem autoria.

No caso do ex-prefeito, Zé Simão que foi julgado em junho desse ano em Oeiras, o Ministério Publico recorreu e existe a possibilidade de um novo julgamento, uma que que segundo o Ministério Público, os jurados proferiram sentença contrária as provas técnicas contidas nos autos.

 Entenda o caso

Gercineide de Sousa Monteiro Rabelo, de 35 anos, foi encontrada morta dentro de sua casa, em cima da cama no dia 10 de fevereiro de 2015. Inicialmente, acreditava-se que a primeira-dama teria sido vítima de um infarto fulminante, mas a perícia da Polícia Civil apontou que ela foi assassinada com um tiro na cabeça e indiciou como autores o ex-prefeito e a empregada da família Noêmia Barros.

.

Compartilhe

2 Comentários

  1. João Raimundo em 14/09/2018 às 08:15

    Ainda dizem quê não existe crime perfeito…esse crime sim será perfeito ???
    Será se esse crime ficará impune quê nem o da FERNANDA LARGES ???? Que pra Justiça foi um suicídio ???
    Será se a Gercineide se Suicidou também depois ela mesmo limpou o sangramento depois de morta ????
    Será quê entraram na casa, pela via de telepatia( atravessando parades sem se quer ser visto ) a sociedade quer uma resposta das autoridades, A família da dona Gercineide quer uma resposta!!!
    Resumindo se não foi o ZE SIMÃO então cabe as autoridades mostrar a verdade desse caso e não virá mais um homicídio impune… é triste pra uma família perder um ente querido de forma bárbara e quê comoveu todo o BRASIL… ficar impune… SERÁ SE O BRASIL É MESMO O PAÍS DA IMPUNIDADE????

  2. João Raimundo em 14/09/2018 às 12:10

    Parabéns DR. JUSCELINO e ao JURI por não ter condenada essa coitada e deixar o novo Crente fora da cadeia…
    Essa mulher tem a cara de sofredora e pelo o quê eu conheço de justiça, é um arquivo vivo… parabéns Dr. RÊGO NETO por esse grande trabalho, aliás mais um grande trabalho quê o senhor se empenhou e saiu vitorioso, e por ter tirado a culpa de uma pessoa humilde pois trabalhava de empregada doméstica, e ela por sua vez ser condenada e ter quê pagar por o quê ela não fez… pode ter participação por encobertar o crime, pode a ter ser… mais tambem não se sabe quê ela pode ter feito isso por medo, agora queremos uma resposta da justiça e fica a pergunta “QUEM MATOU A DONA GERCENEIDE ???”
    O Brasil, o Piauí, a região Valenciana resumindo a sociedade toda quer saber a verdade…

Deixe seu comentário