Portal V1

Justiça nega pedido de liminar do pré-candidato Dr. Arraes em Pimenteiras

11/08/2016
Pré-candidato Dr. Arraes

Pré-candidato Dr. Arraes

O juiz, Dr. Aderson Antônio Brito Nogueira da 1ª Vara dos Feitos da Fazenda Publica na capital Teresina, negou pedido de Ação Desconstitutiva com pedido de antecipação de tutela solicitada pelo ex-gestor do Fundo Municipal de Saúde de Pimenteiras, Francisco Antão Arras de Carvalho.

O objetivo do ex-gestor era ter o nome retirado da lista de gestores com contas rejeitadas junto ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-PI). Dr. Arras comandou a saúde pimenteirense nos anos de 2007 e 2008.

Na decisão, o magistrado afirmou que o autor teve as contas reprovadas em 2011 e só agora, em 2016, discute a questão.

“Parece mais adequado entender que deixou para a última hora com o propósito de provocar um perigo de prejuízo iminente, situação que não pode ser aceita neste juízo”, afirmou o magistrado que indeferiu o pedido.

“Ante o exporto, com base nos fundamentos explicitados Indefiro o pedido de antecipação de tutela” sentenciou.

Com a decisão Dr. Arras que é candidato a prefeito de Pimenteiras, ainda pode recorrer em outras instancias, observando o tempo imposto pela Justiça Eleitoral para aquelas pessoas que desejam concorrer ao pleito de 2 de outubro. veja decisão do magistrado

Compartilhe

1 Comentário

  1. Maurinho Silva em 11/08/2016 às 23:22

    A pergunta tem um pressuposto ardiloso, que é o de que a estratégia do medo é um recurso que deve ser exclusivo de quem faz oposição ao atual governo.

Deixe seu comentário