Valença do Piauí, 24 de jul, 2024

Manifestação pede construção do Campus da UFPI em Valença. Fotos

Sindicato dos Trabalhadores Rurais
Sindicato dos Trabalhadores Rurais

Foi realizada nesta sexta-feira (20), no auditório do Sindicato dos Trabalhadores Rurais uma reunião ampliada entre as cidades da confederação valenciana com o Pró-reitor de Planejamento e Orçamento Edilberto Duarte Lopes. A reunião aberta contou com a participação de prefeitos, professores, estudantes das cidades de Valença, Lagoa do Sitio, Novo Oriente, Barra Alcântara, Várzea Grande, Francinopolis, Pimenteiras e Aroazes. A reunião tinha como objetivo discutir e mostrar o interesse da região valenciana em ganhar uma extensão da UFPI que seria construída em Valença.

A reunião ganhou o reforço dos deputados federais Marllos Sampaio e Osmar Junior, que prometeram ampliar a discussão com a bancada federal em Brasília, incluindo o agendamento de uma audiência com o ministro da educação Aloísio Mercadante e a colocação de emendas para viabilizar a construção da universidade no município.

O prefeito de Novo Oriente Marcos Vinicius reconheceu a longa caminhada a ser percorrida até a aprovação final do projeto, no entanto afirmou que é preciso dar o primeiro passo. Zé Simão prefeito de Lagoa do Sitio sugeriu que as prefeituras da região possam dar o exemplo e disponibilizar em caráter de contrapartida os primeiros recursos financeiros para a construção da UFPI no município ele pediu ao deputado Marllos Sampaio, que ao confirmar a reunião com o ministro da educação que os prefeitos sejam informados para participarem da mesma para mostrar o interesse da região na construção do polo em Valença.

O idealizador do movimento, o professor Willames Soares se mostrou satisfeito com a união das autoridades e sobre tudo da comunidade em prol do projeto. O Pró-reitor de Planejamento e Orçamento Edilberto Duarte Lopes parabenizou as autoridades pelo movimento e disse que estava satisfeito com a manifestação e com a união da região em torno da vinda da UFPI a Valença. Ele afirmou que existem varias etapas a serem vencidas até a construção do prédio, que pode durar até 06 seis anos com um custo de até R$ 30 milhões.

Ele enalteceu a união da região que pela representatividade da mesa de honra não deixa duvidas sobre o interesse da região na construção do campus. Informou que por determinação do reitor foi criado uma comissão para a elaboração do projeto de criação do Campus de Valença que na pratica mostra também o interesse do reitor em atender o pleito da região. A audiência publica que teve a mediação do prefeito de Valença contou ainda a participação do professor Wellington Soares que representou o senador Wellington Dias.

.
0 Comentário