Valença do Piauí, 24 de jul, 2024

No Piauí, Bolsonaro critica fechamento do comércio e que pode se filiar ao Progressistas

Em seu discurso durante a solenidade de inauguração da ponte que liga Santa Filomena (PI) a Alto Parnaíba (MA), o presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) voltou a fazer duras críticas às medidas sanitárias de prevenção à covid-19, como o fechamento de atividades comerciais, prática adotada por governadores durante a pandemia. Na avaliação de Bolsonaro, as medidas ocasionaram o aumento do desemprego no país. 

“Grande parte dos brasileiros vivem da informalidade, não tem carteira assinada, e foram esquecidos por esses que mandaram fechar o comércio e destruíram milhões de empregos. Mas a nossa obrigação não é brigar, é buscar solução. […] Estamos tendo problemas com o desemprego sim, querem botar na minha conta também. A culpa é de quem fechou tudo sem qualquer responsabilidade, sem qualquer comprovação científica. Obviamente, defendemos as medidas de distanciamento e higiene, mas o emprego é tão, ou mais, importante”,  afirmou Bolsonaro. 

Ainda durante a solenidade, que foi marcada por aglomeração e falta do uso de máscara pelos convidados, o presidente da República rebateu as críticas de partidos da oposição  sobre o valor do Auxílio Emergencial e fez referência ao ex-presidente Lula(PT). 

“Um bandido aí, que não tem um dedo, falou há pouco que ia dar o auxilio emergencial de R$ 600 para todo mundo. Por que não fez lá atrás pelo Bolsa família? Hoje o valor médio do Bolsa família é R$ 190 reais. Estamos trabalhando para subir o valor médio, porque sabemos que houve inflação ,aumentou o preço. temos que buscar soluções para que o povo recupere seu poder aquisitivo”, disse. 

Bolsonaro também agradeceu ao apoio dos senadores piauienses Ciro Nogueira(Progressistas), Elmano Ferrer(Progressistas) e Marcelo Castro(MDB), e do senador maranhense Roberto Rocha (PSDB), que articularam junto ao governo federal a construção da ponte sobre o rio Parnaíba em Santa Filomena. 

O presidente da República fez elogios ao ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas. 

“Não é fácil ser ministro, com tantos problemas em um país tão grande. Todo mundo sabe que uma maratona começa com um pequeno passo.O Tarcísio já deu uma centena de passos”, destacou. 

Filiação ao Progressistas

Jair Bolsonaro também confirmou a possibilidade de se filiar ao Progressistas para disputar a eleição presidencial em 2022. Ele destacou que o convite foi feito pelo senador Ciro Nogueira, presidente nacional da sigla.

“Ele não está apaixonado por mim não, ele está me namorando. Quer que eu volte para o partido Progressistas. Quem sabe. Se ele for bom de papo, quem sabe a gente volte pra lá. Não estou me fazendo de difícil. É um grande partido”, disse Bolsonaro, que está sem partido desde que deixou o PSL ainda em 2019. 

0 Comentário