Valença do Piauí, 24 de jan, 2022

Novo decreto determina corte salarial para o servidor que não tomar vacina

O servidor público estadual será punido com corte salarial se não apresentar o comprovante de vacinação contra a Covid-19. A medida é uma determinação do governador Wellington Dias (PT), através do decreto nº 20.231, publicado nesta terça-feira (07/12) no Diário Oficial do Estado. 

De acordo com o documento, todos os servidores e empregados públicos deverão comprovar no mínimo duas doses ou dose única de vacina contra o novo coronavírus. 

“O servidor perderá a remuneração dos dias em que faltar ao serviço por não apresentar o passaporte de vacinação […] sob pena de cometer violação grave a dever funcional”, diz trecho do decreto publicado pelo Governo do Piauí.

A nova investida do governo é para barrar a onda de negacionistas e de pessoas que resistem a tomar o imunizante. No Piauí, cerca de 240 mil piauienses estão com a vacinação atrasada.

O decreto entrou em vigor no dia 7 de dezembro. 

Clique aqui e confira o decreto. 

Fonte: cidade verde 

0 Comentário