Portal V1

Novo Secretário de Agricultura de Valença pede mais tempo para OAB

08/07/2015

O novo secretário municipal de agricultura, Nonato Lima esteve nesta terça-feira (07) reunido com o presidente da Subseção da OAB de Valença Dr. Mauro Lima Verde para mostrar um plano de ação da secretaria para a revitalização do matadouro publico municipal e do transporte da carne até os frigoríficos da cidade. Segundo o secretário, a revitalização incluirá melhorias nos currais com a construção de piso de cimento, uma nova estrutura na fataria, aquisição de um veiculo para transportar a carne, adequação dos trilhos internos que dão sustentação aos animais abatidos, vestimentas adequadas para o abate e transporte e outras ações pontuais.

Em relação ao abate dos animais que é feito com um machado, o secretário afirmou que a compra de uma pistola pneumática não será possível nesse momento devido ao preço.   O objetivo da reunião com o presidente da subseção da OAB local foi para ganhar mais tempo, antes da subseção da OAB apresentar um relatório confeccionado durante uma vistoria da Comissão de Meio Ambiente da OAB apontando diversas irregularidades no matadouro.

Esse relatório que inclui fotos e vídeo será encaminhado ao Ministério Publico do Trabalho que tomará de forma oficial suas medidas que pode incluir em ultima instância a desativação do matadouro.

Após as explicações do secretário, o presidente Dr. Mauro Lima Verde acatou a solicitação desde que em 30 dias essas mudanças já sejam visíveis. “A Subseção quer é ver os problemas resolvidos é a única coisa que interessa. Se o secretário disse que vai fazer, vamos esperar uns 30 dias para ver essas mudanças” afirmou.

O novo secretário de agricultura tomou posse no ultimo dia primeiro de julho e dois dias depois as carnes estavam sendo transportadas em cima de caminhões devido à quebra do veiculo usado para o transporte.

.

Compartilhe

1 Comentário

  1. ADONIAS em 08/07/2015 às 11:32

    A população de Valença não merece esse tratamento por parte das autoridades locais. cade o MP dessa cidade que não toma as providências. questão de saúde pública. Parabéns Dr Mauro pela iniciativa.

Deixe seu comentário