Valença do Piauí, 15 de out, 2021

Odair Soares fala sobre a perda das amigas Sônia Bomfim e Auxiliadora Veloso

Odair Soares

O ex-secretário estadual de agricultura, o valenciano Odair Soares lamentou a morte recente das amigas Sônia Bomfim e Auxiliadora Veloso. Lembrou a amizade das duas, a contribuição social e cultural e afirmou que a cidade perdeu duas mulheres notáveis.  

VALENÇA:TRISTE E POBRE

Odair Soares

Sônia Maria Dantas Bonfim Queiroga, nasceu em 27 de setembro de 1952. Maria Auxiliadora Veloso Igreja, nasceu em 28 de maio de 1953. São 8 meses de diferença. Criadas juntas, amigas e colegas do Ginásio Santo Antônio.

Casaram-se com dois rapazes não valencianos que se tornaram grandes filhos adotivos de nossa terra. Ambas beneméritas, filantropia e com disposição ímpar em assistir a sociedade carente.

Líderes de nossa sociedade, participaram decididamente da construção da Casa Paroquial e da reconstrução da Igreja Matriz de Nossa Senhora do Ó e Conceição.

Participaram e reorganizaram a festa do Divino Espírito Santo, criando sua Confraria, cujas solenidades se tornaram iguais as melhores do Brasil e do mundo.

Elevou-se muito o trabalho social da Igreja, bem como da cultura valenciana, através da historiadora e acadêmica Sônia.

Ambas, com seus maridos foram acometidos pela covid-19. Ambas foram internadas no Hospital da UNIMED. Os maridos tiveram altas. Ambas foram intubadas. Ambas faleceram num espaço de 70 dias. Sônia, em 29 de janeiro. Auxiliadora, em 10 de abril.

Valença assim, neste pequeno espaço de tempo, perde duas filhas que nos orgulhavam. Perde a sociedade as suas orientadoras. Aliás, perde nossa cidade, que hoje está mais pobre e mais triste, apesar de ser a CIDADE SORRISO.

Auxiliadora Veloso e Sônia Bomfim
0 Comentário