Portal V1

Pimenteirense candidata a prefeita em Água Branca pede recontagem de votos

18/11/2020

A candidata a prefeita de Água Branca, Margareth de Sousa Pimentel Lopes (Margareth do Zito), filha do senhor Pimentel aqui de Valença ingressou com pedido de impugnação da Seção Eleitoral Nº 108 junto à 52ª Zona Eleitoral.

Na ação, ajuizada nesta terça-feira (17), ela pede a realização de auditoria, recontagem e anulação dos votos computados na referida seção, sob alegação de irregularidades como a não apresentação do boletim de urna após o fim da apuração. A diferença dela para o prefeito eleito Junior Ribeiro foi de 08 votos.

O advogado dela, Dr. Manoel Carvalho de Oliveira, argumenta no pedido que após o encerramento da votação foi expedida certidão na 52ª Zona Eleitoral informando a inexistência de documentos essenciais da Seção Eleitoral Nº 108.

“Dentre os documentos faltantes está o boletim de urna, cuja apresentação é indispensável para a validade dos votos daquela seção eleitoral”, consta na ação ajuizada.

Diante disso, foi pedida a realização de auditoria na urna da Seção Eleitoral Nº 108, através da realização de Perícia que verifique a existência de irregularidades no resumo digital (hash), na assinatura digital e no código-fonte, bem como a recontagem dos votos e por fim a impugnação da urna, anulando-se os votos da referida seção, e como consequência a recontagem dos votos computados na cidade. Além de Margareth do Zito e Junior Ribeiro a eleição teve ainda o candidato JL Parabólica.

Colaboração GP1

Compartilhe

Deixe seu comentário