Valença do Piauí, 27 de nov, 2021

Prefeito vai gastar sem licitação R$ 325 mil com escritório de advocacia

prefeito Walfredo Filho
prefeito Walfredo Filho

O prefeito do município de Valença do Piauí, Walfredo Val de Carvalho Filho, vai gastar R$ 325.560,00 (trezentos e vinte e cinco mil e quinhentos e sessenta reais) com a empresa Marcos André Lima Ramos Advocacia e Consultoria.

A empresa prestará serviços especializados de assessoria e consultoria jurídica. Foram assinados dois contratos. O detalhe é que foram assinados mediante a famigerada inexigibilidade de licitação.

O primeiro contrato foi celebrado no dia 06 de janeiro no valor global de R$ 145.560,00 (cento e quarenta e cinco mil e quinhentos e sessenta reais). Sendo que o valor mensal a ser pago pela prefeitura será de R$ 12.130,00. O contrato tem duração de 12 meses.
O segundo contrato foi assinado no dia 01 de julho no valor mensal de R$ 15.000,00. A duração do mesmo é de 12 meses e terá um valor global de R$ 180.000,00 (cento e oitenta mil reais). O escritório atuou na defesa do prefeito no processo que cassou o prefeito no mês de junho desse ano.

Fonte: GP1

anexo 01

anexo02

9 Comentários

luciana

sim meu querido nao seja alienado, contrato e licitação sao a mesma coisa.
esses escritorio trabalha a anos para prefeitura daqui!
voce sao muito desinformados vao procura oq fazer!

22 ago, 2014 Responder

raul seixas

não é dinheiro publico…. é o nosso dinheiro!!!
isso é um roubo, ou seja, estamos comendo as migalhas que sobram das mesas fartas desses mal administradores!!!
pessoal vamos acordar para as praticas de ilícitas do nosso município, vamos acompanhar as sessões que ocorrem na câmara municipal como por exemplo do belo trabalho que vem sendo prestado pela nossa vereadora EDILSA. Mas,
Tudo isso que esta acontecendo é por nossa culpa de ter colocado pessoas que não sabem administrar nossa querida cidade.
estamos com SEC. DE SAÚDE—PRECÁRIA
SEC. EDUCAÇÃO—PRECÁRIA
MERCADO MUNICIPAL DE VALENÇA AINDA CONTINUA —-PRECÁRIO
SEC.MUN. DE CULTURA—-SEM ESTRUTURAS PARA COM A NOSSA VALIOSA CULTURA
NÃO TEMOS UMA PRAÇA CULTURAL
NÃO TEMOS ATENDIMENTO DE BOA QUALIDADE NO HOSPITAL
MUITOS BAIRROS DE VALENÇA AINDA CONTINUA SEM CALÇAMENTOS
NÃO TEMOS TRANSPORTE ESCOLAR DE QUALIDADE
FALTA AGUA EM MUITOS BAIRROS…etc

EU DIGO SE AS ELEIÇÕES PARA PREFEITO FOSSE HOJE O ATUAL PREFEITO NEM NA LISTA PARA CANDIDATO ENTRARIA POR SUA PÉSSIMA ADMINISTRAÇÃO DOLOROSA,INTRIGANTE E MISTERIOSSSSSSSSA.UMA VERDADEIRA METAMORFOSE AMBULANTE!!!

22 ago, 2014 Responder

Antonio Borges

Antonio Costa, providências quem tem que tomar é a justiça, pois muitos processos já estão em andamento.
Raul, quanto a brilhante atuação da vereadora Edilsa do Vale de quase nada adianta se a população não participar das sessões para tomarem conhecimento das irregularidades e começarem a agir, pois todos os recursos públicos é da conta de todos nós a fiscalização é que faz toda diferença.

22 ago, 2014 Responder

antonio costa

a justiça so atua com denuncias feitas formalmente,ou sejatem que ser provocada, e nao essa molecagem de ficar reclamando pelos cantos,eu acho,acho nao tenho certeza que um veriador tem bastante poder para fiscalizar,mas nao. fica so no lero lero…..so oba oba.

26 ago, 2014 Responder

Antonio Borges

Faltou o portal informar seus leitores que este mesmo advogado defendeu a cassação do prefeito,e o prefeito disse que foi de graça já se ver quem estar pagando…

22 ago, 2014 Responder

Artur Costa

Temos que culpar mesmo é a justiça que não age diante de tantas irregularidades, cassação, denuncias e ele continua fazendo festa com o que é do povo e a saúde e educação que se danem…

22 ago, 2014 Responder

JOTA JUNIOR

Será que a prefeitura não tem departamento jurídico , tudo isso é nosso dinheiro. As pessoas não tem educação política.Enquanto a cidade parou no tempo e no espaço.
Acorda povo valenciano.

23 ago, 2014 Responder

Daniel Lima

*Há quem acredite que Valença um dia irá progredir! Piada! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

23 ago, 2014 Responder

Luciana Martins

Enquanto isso os postos de saúde não tem medicação, o Caps falta até o lanche para os paciente que são dispensados mais cedo por conta disso. Eita Valença sofrida.

25 ago, 2014 Responder