Valença do Piauí, 20 de maio, 2022

Prefeitura de Francinópolis lança programa municipal de correção de fluxo

A Prefeitura de Francinópolis, através da Secretaria Municipal de Educação Desporto e Lazer, lançou na última sexta-feira, 21 de maio, o Programa Municipal de Correção de Fluxo com a finalidade de oferecer aos alunos da rede municipal novas ferramentas para equacionar as distorções educacionais oferecendo uma aprendizagem de qualidade com o objetivo de trabalhar uma nova metodologia de combate a distorção idade-série no município.

Após meses de entendimentos, a gestão municipal conseguiu firmar uma parceria com o Instituto Brasileiro de Educação em Gestão Pública (IBEGESP) e o Instituto Ayrton Senna (IAS). Serão oferecidos nessa parceria dois projetos, o Se Liga e o Acelera Brasil.

O lançamento aconteceu na Câmara de Vereadores com a realização de uma live com a participação do prefeito Paulo César direto de Teresina e dos técnicos do Instituto Ayrton Senna, Carlos Mendel, coordenador de disseminação de conhecimento e distribuição, e Keyla Gonçalves, agente técnica dos programas Se Liga e Acelera Brasil e Dolores Galvão do IBEGESP.

Eles parabenizaram a determinação da secretária de educação, Eliane Morais, em trazer os programas para Francinópolis e pontuaram os benéficios e desafios dos programas.

A secretária de educação Eliane Morais afirmou que a parceria é histórica para o município e que a educação municipal seguirá toda a metodologia para diminuir a disparidade do fluxo escolar.

O prefeito Paulo César elogiou a parceria e disse que a educação é urgente. Ele destacou que mesmo o município sendo um município pobre, como muitos do Nordeste, o mínimo que a gestão pode oferecer é uma educação de qualidade para suas crianças e jovens.

“Nós temos que aproveitar esse momento para implantar esses programas, o Acelera Brasil para resolver essa questão da distorção das séries e também o Se Liga para alfabetizar aqueles que ainda não tem uma alfabetização adequada. Eu espero muito, muito dele e a população de Francinópolis também”, disse.

 

0 Comentário