Valença do Piauí, 23 de jan, 2021

Quilombolas da Tranqueira realizarão encontro. Confira a data

Cruz Castro e Pedro Filiciano presidente da FUMRQTRAN

A Fundação dos Moradores e Remanescentes dos Quilombolas da Tranqueira (FUMRQTRAN) envia convite e o portalv1 repassa para a participação no próximo dia 17 de abril do I Encontro da FUMRQTRAN, que acontece no Ponto Cultural da Tranqueira. Acompanhe a programação do encontro.

09h – Solenidade de abertura

10h – Exposição da atual situação da FUMRQTRAN

10h: 30 – Criação e Desenvolvimento da FUMRQTRAN (Palestrante Cruz Castro presidente do SINDEACS_PI)

11h – Palestra Associativismo em comunidade com o secretário geral do SINDEACS_PI Francisco Oliveira

11h: 30 – Palestra Afro Brasileiro no contexto histórico de Valença do Piaui com o historiador e secretário municipal de cultura Antônio José

12h: 10 – Mesa Redonda

12h: 30 – Almoço

14h: 30 – Apresentações Artísticas

14h: 40 – Palestra Agricultura Familiar com o extensionista do Emater Antônio Paixão.

15h: 30 – Apresentações da cultura local Reisado, novenas etc.

16h: 30 – futebol com os quarentões.

2 Comentários

vicente izidorio soares

Dia da Consciência Negra é uma data para a reflexão de todos nós brasileiros. Durante o período da escravidão, os negros sofreram inúmeras injustiças. E ás custas do seu sofrimento nas senzalas, nos campos e nas cidades, foi erguido tudo o que havia no Brasil daquela época. Os negros resistiram de diversas formas, nas muitas revoltas, fugas e com a formação de quilombos em várias partes do país. Assim, surgiu o Quilombo dos Palmares e o seu sonho de liberdade, que teve como principal líder Zumbi.

Veio a Abolição em 1888, o Brasil mudou e hoje é uma das maiores economias do mundo. No entanto, os negros continuaram em situação de desigualdade, ocupando as funções menos qualificadas no mercado de trabalho, sem acesso às terras ancestralmente ocupadas no campo, e na condição de maiores agentes e vítimas da violência nas periferias das grandes cidades. Sua luta, inspirada em Zumbi e em outros heróis negros que tombaram ao longo do caminho, precisava continuar.

Zumbi foi morto em 20 de novembro de 1695, e seu corpo foi exibido em praça pública para semear o medo entre os escravos e impedir novas revoltas e fugas. Mas o efeito foi oposto, despertando em muitos a consciência de que era preciso lutar contra a escravidão e as desigualdades, como Zumbi ousou fazer. A memória deste herói nacional, no Dia da Consciência Negra, nos compromete com a construção de uma sociedade na qual todos tenham não apenas a igualdade formal dos direitos, mas a igualdade real das oportunidades.

OBS: essa matéria eu escrevi para o dia da consciência negra, mas dado ao foto tão importante que a organização das comunidade quilombolas eu postando para a reflexão de todos.

VICENTE IZIDORIO SOARES
TÉC DE SEGURANÇA DO TRABALHO

07 abr, 2011 Responder

Ednaldo Gomes Da Silva Araújo

ATÉ QUE ENFIM ALGUEM DE VALENÇA TEVE O BOM SENSO DE FAZER UM COMENTARIO TÃO PERTINENTE A RESPEITO DE UM TABÚ RECHEADO DE PRECONCEITOS REFERENTE A PESSOAS QUE DEVERIAM SER TRATADAS COM MUITO RESPEITO,POIS COMO NÓS SABEMOS FORAM OS NEGROS QUE CARREGARAM ESTE PAÍS NAS COSTA SEM GANHAR NADA, E QUE ATÉ HOJE NÃO LHES DERAM O DEVIDO VALOR,EMBORA SAIBAMOS QUE A MAIORIA DE NÓS TEM UM PÉ NA AFRICA.

07 abr, 2011 Responder