Valença do Piauí, 09 de dez, 2021

Secretária de Educação vai a câmara explicar sobre a merenda escolar

A participação das gestoras foi elogiada pelos vereadores
A participação das gestoras foi elogiada pelos vereadores

A sessão da câmara de vereadores desta segunda-feira (24) contou com a participação da secretária de educação Ceiça Dias e da coordenadora da merenda Ismênia Pereira. As duas foram falar sobre a cobertura da educação no município, especialmente sobre a merenda escolar que motivou vários requerimentos nas ultimas sessões do parlamento municipal. Grande parte da fala das duas convidadas foi dedicada à leitura da metodologia aplicada pela secretaria na licitação, compra, escolha e distribuição da merenda escolar nas unidades de educação do município.

Ceiça Dias falou do esforço da equipe na logística da merenda escolar e afirmou que a secretaria de educação segue fielmente as determinações da legislação em todos os processos da merenda escolar. Sobre as notas do mês de dezembro denunciadas pela vereadora Edilsa do Vale, ela informou que as mercadorias foram adquiridas antes e não na data especificada nas notas apresentadas pela vereadora. Ela reconheceu o erro e adiantou que o problema é gerado basicamente pela demora do repasse pelo governo federal.

Afirmou ainda que os 30% destinados à agricultura familiar vem sendo cumprido apesar de muitos agricultores encontrarem dificuldades em cumprir sua parte na negociação. Sobre a outra denuncia da vereadora Edilsa do Vale de que os alunos da localidade Taboquinha estavam sendo despachados antes do termino das aulas por falta de merenda escolar ela afirmou que a culpa é da diretora do colégio, que não comunicou o problema a secretaria de educação. Antes de fazer essa afirmação a secretária disse que existe um acompanhamento da secretaria de educação nas escolas do município.

A secretária disse ainda que existem na secretaria duas nutricionistas que são responsáveis pelo cardápio dos colégios, no entanto não fez nenhuma referencia sobre a denuncia da vereadora Edilsa do Vale de que os alunos estão sendo alimentados com 04 bolachas e um copo de suco. Já a coordenadora da merenda escolar Ismênia Pereira fez também um relato do trabalho da coordenação e apresentou os nomes dos conselheiros da merenda escolar. Ao final ela pediu que antes dos vereadores citarem seu nome, eles deveriam ir ao seu encontro para obterem as informações.

Em aparte o vereador Joaquim Filho lembrou a coordenadora que ela exerce um cargo publico e por isso é obrigada e prestar esclarecimentos a câmara municipal e não os vereadores irem ao seu encontro. A participação das gestoras na sessão foi elogiada pelos vereadores que esperam o mesmo comportamento das outras secretarias do município.

0 Comentário