Valença do Piauí, 27 de jan, 2021

Ultrabooks chegam às lojas nas próximas semanas

AlissonA primeira linha de ultrabooks chegará ao mercado brasileiro nas próximas semanas. Essa categoria de computadores com design fino, leve e com maior duração de bateria é similar ao MackBook Air. Os primeiros dispositivos que serão vendidos nos grandes varejistas serão das marcas HP, Acer e Asus.

Esse conceito de laptop ultrafino foi desenvolvido pela Intel em parceria com algumas fabricantes. Para ser um ultrabook, o aparelho precisa ter menos de 20 milímetros de espessura, bateria com duração mínima de seis horas, tempo de resposta automática máximo de 2,5 segundos. Nos Estados Unidos, o preço médio fica entre R$ 1.400 e R$ 2.670, dependendo da configuração e marca.

No País, devido à tecnologia envolvida no produto, como processadores de baixa voltagem, mais caros que os componentes dos notebooks tradicionais, os ultrabooks terão preço mais alto no primeiro momento. O modelo Aspire S3 da Acer com configuração de 4 GB de RAM, 320 GB de HD e chip Intel Core i3 custará a partir de R$ 2.799. A versão com processador i5 custará R$ 2.899 e com o i7, R$ 3.599.

A expectativa é que, até o fim do próximo ano, os preços fiquem mais atrativos, variando entre R$ 1.800 e R$ 2.000, segundo o diretor de estratégia e novos negócios da Intel Brasil, Cássio Tietê. “A companhia colocou US$ 300 milhões no desenvolvimento desse projeto para que os preços ao consumidor sejam mais baratos.”

Entre as características do produto da Acer estão espessura de 1,3 centímetro – pouco mais que um dedo -, peso aproximado de 1,4 quilo e tela LED HD de 13,3 polegadas. Dependendo da intensidade do uso, a bateria dura por até sete horas. O equipamento foi apresentado durante o evento Intel Editor’s Day, que terminou ontem, na Praia do Forte (BA).
Já o produto da Asus estará disponível nas prateleiras no fim do mês. O Zenbook tem recurso que reinicia o sistema em apenas 2 segundos e possui um stand-by de até duas semanas. O modelo com tela de 11,6 polegadas, 128 GB de armazenamento e chip i5 custará R$ 3.999 e na configuração com tela de 13,3 polegadas, 256 GB e processador 17, será R$ 5.999.

A HP também apresentou sua primeira linha de ultrabooks no País. O modelo Pavilion dm3 terá bateria de até 9,5 horas de duração. A proposta é que os usuários não carreguem adaptador de energia para o notebook. O preço não foi divulgado.

PARTICIPAÇÃO – A fabricante de chips Intel aposta na comercialização dos ultrabooks no mundo. O diretor de novos negócios assegura que até o fim de 2012 a categoria responderá por 40% da comercialização global dos notebooks ultrafinos. “Os ultrabooks deverão ser o dispositivo preferido para criação e consumo de conteúdo no Brasil em 2013”, afirma.

As máquinas combinam algumas características dos tablets, como a inicialização rápida, e são capazes de funcionar com sistema operacional do Windows e Linux.

A próxima geração desses computadores ultrafinos poderá ser equipada com telas sensíveis ao toque. Segundo a International Data Corporation, a expectativa é que 95 milhões de ultrabooks sejam vendidos anualmente até 2015, impulsionados pelo interesse da população por computadores pessoais móveis.

Com informações do dgabc

0 Comentário