Portal V1

Valença: Bertolina Dantas defende saúde da mulher e direitos dos LGBTs

22/10/2020

Bertolina Dantas

Disputando pela primeira vez um cargo público, Bertolina Dantas (PT) tenta uma vaga na Câmara de Vereadores de Valença do Piauí. Como ela mesma gosta de se apresentar, Bertolina é mãe, uma mulher trabalhadora, que muito contribuiu e ainda contribui com a cultura valenciana.

Ao colocar seu nome e sua experiência à disposição dos valencianos, Bertolina Dantas, defende uma política mais justa e igualitária, onde a população seja atendida nos seus anseios com saúde, educação, infraestrutura, lazer e tudo mais que tenha direito.

Bertolina Dantas pretende apresentar projetos que visem principalmente a saúde da mulher, com a criação de um Centro de Atendimento de Saúde da Mulher, onde sejam feitos exames, consultas e acompanhamentos profissional. Outra bandeira defendida por Bertolina diz respeito aos animais em estado de rua, abandonados na zona urbana e rural de Valença:

“Sabemos que Valença precisa melhorar em muitas áreas, Valença vive o pior momento de sua história. A cidade está abandonada e a hora da mudança é essa. O povo precisa dar a Valença a oportunidade de se desenvolver e eu, ao lado de Carmelina do Ó, quero dar a minha contribuição de forma mais efetiva. Além das políticas públicas de saúde e valorização da mulher, pretendo apresentar proposta para cuidado e controle dos animais em situação de rua, através da castração gratuita de cães e gatos e a promoção de feiras de adoção”, declara.

Para a candidata, a Cultura também é um dos pontos que serão atendidos por ela, porque lazer e cultura são itens essenciais para todo ser humano.

“As pessoas, além de trabalharem duro, precisam dos momentos de lazer, de contato com a cultura. Valença ainda hoje não possui um Teatro, um local para receber apresentações de projetos fomentados pelo Estado, como o Seis e Meia, que leva artistas nacionais para cidades como Teresina, Bom Jesus, Floriano, Oeiras e Parnaíba. O povo quer também diversão e arte”.

A população LGBTQIA+ (sigla para lésbicas, gays, bissexuais, transgêneros, transexuais e travestis, queer, intersexo, assexuais e outras possibilidades de orientação sexual e identidade de gênero) também terá a atenção da futura parlamentar. Bertolina, pretende enviar à Câmara projetos de incentivo aos LGBTQIA+:

“Minhas propostas nesse sentido, passam inicialmente pelo combate à homofobia, ações de incentivo ao trabalho, acesso a programas de incentivo ao estudo e profissionalização, de forma a oportunizar que essas pessoas se capacitem para o mercado de trabalho”.

Bertolina finaliza pedindo aos eleitores valencianos que oportunizem uma renovação da política local, que nos últimos anos já provou que está ultrapassada, deixando Valença do Piauí num atraso de muitos anos.

Compartilhe

Deixe seu comentário