Portal V1

Valença registra a maior chuva do ano.

23/04/2009

Valença registrou na noite desta quarta-feira (22) 109 milímetros de chuva, configurando-se como a maior deste ano, segundo dados repassados pelo Emater. A chuva alagou vários pontos da cidade, causando transtornos para a população, principalmente aos que moram nos bairros mais afastados do centro. Foram registrados queda de muros, partes de residências e, uma arvore caiu no jardim da Prefeitura Municipal.

Segundo Marise Lima Verde do Emater até o momento choveu 408,5mm somente no mês de abril. “A chuva dessa quarta-feira (22) foi à maior até agora, com 109 mm, ela foi maior do que toda a chuva registrada nos meses de dezembro e janeiro, que registraram respectivamente 99mm e 76 mm; a segunda maior foi registrada na segunda-feira (20) com 83mm, até agora foram registrados 408,5mm em abril” afirmou. No ano passado, o mês com maior volume de chuvas foi o mês de março, com 401mm.

 Os transtornos causados pelas chuvas não vêm atingindo somente a zona urbana, a zona rural também vem sofrendo as conseqüências das fortes chuvas que caem no Município. As estradas vicinais de localidades como João Pires, Campos, Iningas, Sanharó, Oiticica estão em péssimas condições de trafegabilidade; os alunos que estudam na sede são os mais prejudicados, não só pelas condições precárias das estradas, como também pelos transportes abertos que os transportam.

Foco de vários pronunciamentos na Câmara de Vereadores, o Residencial Raul Alencar também foi atingido pelas águas da chuva. Em entrevista a Sucesso FM, o morador Wênio Paraíba disse que a água chegou a entrar em algumas residências, mas que segundo ele pelo volume de água que caiu, as conseqüências foram menores do que o esperado, “o rio, que é a grande preocupação, suportou o volume d’água graças à ação de alguns moradores que melhoraram o escoamento do mesmo” disse.

Ele criticou ainda a falta de interesse do Município em ajudar as famílias do conjunto: “percebemos uma má vontade da Prefeitura em nos ajudar, a alegação é de que o conjunto ainda não foi entregue a Caixa Econômica e por isso ela não pode fazer nada, só que a Prefeitura é responsável sim pelo bem estar da população, as ruas estão sujas, esburacadas e isso é atribuição do Município” desabafou.   

Compartilhe

Deixe seu comentário