Valença do Piauí, 24 de jul, 2024

Vereadora Edilsa do Vale usa a tribuna da câmara para fazer um desabafo

vereadora Edilsa do Vale
vereadora Edilsa do Vale

A vereadora Edilsa do Vale (PP) usou a tribuna da câmara municipal para comentar sobre as ultimas sessões do legislativo, onde não faltaram polêmicas entre as duas bancadas. A vereadora lamentou as ameaças feitas ao seu trabalho e pediu que todos se irmanem no sentido de coibir possíveis interferências de outros poderes no trabalho primordial do vereador que é fiscalizar o Executivo. Edilsa do Vale citou como exemplo o fato de alunos menores de nove anos estudarem no período noturno nas escolas do município. “Graças ao Ministério Publico, as famílias e nossa colaboração conseguimos resolver esse problema foi resolvido” afirmou.

A vereadora mostrou ainda um oficio enviado pela prefeitura ao Ministério Publico, onde a prefeitura se nega a desobstruir uma estrada entre as comunidades Cadena e São Bento pelo simples fato de que a obra beneficiaria uma roça de propriedade da vereadora. Sobre o documento a vereadora fez algumas pontuações como, por exemplo, a existência de uma ladeira de pedra e íngreme com extensão de mais de três km. Edilsa do Vale afirmou que desconhece essa ladeira, bem como a existência de pedra entre as comunidades.

Outra afirmação da prefeitura é que no local residem vários familiares da vereadora. “Todos aqui sabem que tenho familiares na Tranqueira e na Oiticica, nenhum familiar meu mora nas comunidades” afirmou. Em outra afirmação a prefeitura disse ao Ministério Publico que as famílias ao contrario do que foi informado pela vereadora não plantam milho, arroz, ou feijão e a única cultura existente e a plantação de caju de sequeiro.

Edilsa do Vale contestou a afirmação. “Quase todos os dias da semana Seu Charles está aqui vendendo feijão, maracujá, quiabo e maxixi. Seu Elias também tá vendendo mandioca, macaxeira, banana feijão e maxixe. Eu tenho cinco tarefas plantada de mandioca, macaxeira caju e feijão pra todo mundo ver” finalizou.

A vereadora afirmou que os moradores irão fotografar as roças com suas lavouras, casas e os talões de energia para mostrar ao prefeito a necessidade da estrada, tanto para o escoamento agrícola como para o transporte escolar. ainda segundo a vereadora caso o prefeito Walfredo Filho não resolva o problema eles irão até o Ministério Publico, mostrar a documentação que teoricamente desmentiria o documento enviado pela prefeitura ao Ministério Publico.

Edilsa do Vale iniciou sua fala lamentando uma decisão do TCE/PI que desobriga a prefeitura a entregar os balancetes a cada seis meses e não nos três meses como vinha acontecendo. A presidenta Ielva Melão prometeu fazer uma consulta ao TCE-PI para saber se essa norma se enquadra no envio a câmara.

VEJA O DOCUMENTO ENVIADO AO MINISTERIO PUBLICO

 

5 Comentários

vicente izidorio soares

A vereadora Edilsa Vale tem travado uma luta incansável no combate as irregularidades cometidas pelo puder publico municipal. Esta de parabéns. Mais existe um dito popular, que diz: uma madurinha só não faz verão, é preciso que outros vereadores sobre tudo os de oposição se engaje nesse luta, juntamente com a Edilsa. A bancada de oposição não pode fica apenas de espectadores nesse luta tem participar.
Se a bancada de oposição esta na câmara para defender os direitos do povo e combater irregularidades do puder publico municipal, tem obrigação de manifesta a poio irrestritamente a colega, que tem treva uma luta solitária.
A militância de esquerda precisa comparecer a câmara para prestar total apoio a esse guerreira.
Parabéns vereadora você não estar sozinha, essa luta também é minha e de todos os valencianos que sonham com uma Valença melhor.

02 abr, 2014 Responder

Rodeney Sousa

Será que a prefeitura mentiu para o ministério publico? Se eu fosse o promotor iria ver pessoalmente porque ou a vereadora ou a prefeitura tá mentindo ou a prefeitura e a vitima é o Ministério Publico

02 abr, 2014 Responder

Artur Costa

Rondiney, acho que nenhum vereador iria levar denuncias sem fundamento,mais uma coisa todos valencianos se perguntam “e a justiça não age?” o porque deste povo, porque não dizer esta família administra nossa cidade a tantos anos de maneira muito pessoal em especial nestes últimos anos cometendo várias irregularidades e acreditando sempre na impunidade e ainda se fazem de vítima dizendo não tem fundamento o que todos nos valencianos estamos vendo. Lamentável

02 abr, 2014 Responder

cristiane

muito bem vereadora Edilsa do Vale…vc está de parabens…está cumprindo com seu papael de vereadora…continue assim, que vc consegue…

02 abr, 2014 Responder

Antonio Borges

Discurso digno de uma verdadeira defensora do nosso povo e dos direitos do cidadão,Valença está a anos vivendo numa ditadura onde muitas vezes até as pessoas mais esclarecida tem medo de falar e de sofrerem perseguição de todos os tipos no trabalho, quando precisam de saúde, nós valencianos temos que nos mobilizarmos para cobrar mais nossos diretos, não quero citar nomes, mas temos famílias que estão enriquecendo em um ano conseguindo patrimônio que nunca poderia ter de maneira lícita, é hora do povo se manifestar contra esses …

02 abr, 2014 Responder