Portal V1

Vereadores de Lagoa do Sitio podem cassar prefeito Zé Simão nessa sexta

23/04/2015
Câmara municipal de Lagoa do Sitio

Câmara municipal de Lagoa do Sitio

A câmara municipal de Lagoa do Sitio se reuni nesta sexta-feira (24) em sessão extraordinária para votação do parecer da comissão processante, que pode cassar o mandato do prefeito afastado Zé Simão, acusado de participar do assassinato da ex-primeira dama Gercineide Monteiro em fevereiro desse ano.

De acordo com o presidente da comissão processante vereador Marcelo Silva, a sessão está marcada para às 16h desta sexta-feira na câmara municipal e deve alterar a rotina da cidade que vive um clima de tensão por causa dessa indefinição.

Marcelo Silva explica que a comissão processante foi formada não para apurar a participação do prefeito na morte da ex-primeira dama e sim por irregularidades na gestão municipal. Zé Simão é acusado de improbidade administrativa na construção de uma pista de MotoCross, onde segundo a denuncia a prefeitura teria contratado uma empresa, no entanto o serviço teria sido feito pela própria prefeitura.

Outro problema teria acontecido com o não repasse por parte da prefeitura do dinheiro dos empréstimos consignados feitos pelos servidores municipais, ou seja, os servidores fizeram o empréstimo mais a prefeitura não teria repassado o dinheiro para as instituições financeiras deixando todos inadimplentes.

A ausência do gestor por mais de 10 dias do município sem a anuência da câmara também integra a denuncia que será votada nesta sexta-feira. em conversa com o Portalv1 a irmã do prefeito afastado Fátima Barros contesta as denuncias e afirma que a família nesse momento está voltada para provar a inocência do prefeito.

Sem uma resposta efetiva da policia que já encerrou o caso a família tenta novas alternativas para provocar a reabertura do caso e tentar provar a inocência do prefeito afastado Zé Simão. Sobre a sessão desta sexta-feira Fátima Barros afirmou que Zé Simão será representado por seu advogado Dr. Alexandre Nôleto. Marcelo Silva adiantou que o parecer da comissão formada por ele e pelos vereadores Pedro Paulo como vice-presidente e José Airton (Zezé) como relator.

Compartilhe

Deixe seu comentário