Portal V1

08 DE MAIO – DOIS ANOS DA MORTE DO EX-GOVERNADOR DJALMA VELOSO

08/05/2009

Ex-governador do Piauí, deputado estadual por cinco mandatos consecutivos, secretário geral da UDN, ARENA e PDS, Djalma Veloso foi uma das maiores lideranças política da região valenciana

Neste dia 08 de maio completam-se dois anos da morte de uma das maiores lideranças políticas de Valença do Piauí, Djalma Martins Veloso, foi o  último representante de uma geração de políticos valencianos que se destacaram na história do Estado, a exemplo de  Petrônio e de Lucídio Portella, que foram ex-governadores, de Agenor Veloso e Alcides Nunes deputados estaduais, todos de uma mesma geração. Ex-governador do Piauí tendo assumido o governo em substituição a Dirceu Arcoverde, Djalma foi uma forte referência da política piauiense e um dos maiores articuladores das indicações de Hugo Napoleão e Freitas Neto para disputarem o governo do Piauí.

Trajetória política – Djalma Martins Veloso nasceu em Valença do Piauí no dia 21 de outubro de 1921. Em 05 de novembro de 1949, bacharelou-se em direito pela Universidade Federal da Bahia, lá em Salvador ainda prestou concurso público para JUIZ FEDERAL, foi aprovado, porém não quis assumir, preferiu transferir-se para Valença no ano seguinte, onde exerceu o magistério, a advocacia, ingressando também na política filiado à União Democrática Nacional – UDN que era presidida em Valença pelo pai CINEAS DE CASTRO VELOSO, conhecido como Capitão Cinéas. Em 1954 foi eleito deputado estadual pela primeira vez, mandato que conservou até 1975 quando foi eleito pela Assembléia Legislativa do Piauí, vice-governador do Estado.

Em seu livro, “Djalma Veloso, o político e sua época”, ele escreveu: “eu penso e concluo que quanto mais amigos obtemos mais força e coragem possuímos para zelar as obrigações, porque da amizade verdadeira, fonte da sabedoria, retiramos o apoio necessário às decisões corajosas como esta de, modestamente, produzir um livro, não para discorrer propriamente sobre minhas ações de chefe de família particular(como advogado atuante) e pública (como deputado estadual, secretario de Estado, vice-governador e governador do Piauí), mas, principalmente, para dar um testemunho da minha época de político e cidadão, que sempre trabalhou, de maneira honrada, para o engrandecimento de minha Valença e do meu Piauí.”

Uma missa foi celebrada às 19 horas de hoje pelo Padre Carlito na Igreja de São João na cidade de Teresina, a esposa, Eutália Veloso, os filhos, netos, sobrinhos e alguns amigos estiveram presentes.

[email protected]

Compartilhe

Deixe seu comentário