Valença do Piauí, 23 de maio, 2024

“A justiça tem que estar onde o povo está”, diz presidente do TJ-PI durante inauguração do Justo Acesso em Ipiranga do Piauí

“A justiça tem que estar onde o povo está”. A declaração foi dada pelo presidente do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI), desembargador Hilo de Almeida, durante inauguração do Justo Acesso em Ipiranga do Piauí, nesta terça-feira (23). O programa tem como objetivo aproximar a sociedade dos serviços da Justiça Estadual, em parceria com outros órgãos dos poderes Judiciário e Executivo, por meio da implantação de Pontos de Inclusão Digital em municípios que não são sede de comarca.

O Justo Acesso congrega, em um só lugar, os serviços do TJ-PI e de outros tribunais, órgãos governamentais, especialmente os que atuam prestando serviços de cidadania, em uma parceria para que as pessoas possam ser atendidas dentro das inúmeras possibilidades que a internet oferece.

Além da oferta dos serviços do TJ-PI, o Justo Acesso busca integrar diversos serviços do Sistema de Justiça e de órgãos da Administração Pública, como Ministério Público, Defensoria Pública, Secretaria de Segurança Pública (SSP), Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Tribunal Regional Eleitoral, Tribunal Regional do Trabalho (TRT22), Tribunal Regional Federal (TRF1), Ministério Público do Trabalho e Agespisa.

Após fazer um breve relato sobre como surgiu a ideia do Justo Acesso, o presidente do TJ-PI destacou que o programa só é possível graças à união de propósitos de uma gama de parceiros. “Apenas unidos temos condições de servir melhor à sociedade. Hoje, o Justo Acesso é um programa consolidado. Já chegamos a mais de 10 municípios que não são sede de comarca e vamos levar essa importante iniciativa para os demais. Afinal, a justiça tem que estar onde o povo está”, declarou o desembargador Hilo de Almeida.

O prefeito Elvis Ramos, lembrou que “bateu à porta do Tribunal” em busca do programa e foi muito bem recebido. “Esse é um presente para Ipiranga, após tantos anos sem a presença física do Judiciário em nosso município. E, além dos tribunais, a população também contará com diversos outros serviços importantes para o seu dia a dia”, afirmou.

HOMENAGENS
Em reconhecimento ao trabalho prestado em prol da população de Ipiranga do Piauí, receberam homenagens da Prefeitura Municipal e da Câmara de Vereadores o presidente Hilo de Almeida Sousa; os juízes auxiliares da Presidência, Luiz de Moura e Leonardo Brasileiro; o magistrado Expedito Costa Júnior, juiz da comarca de Inhuma; o superintendente de Engenharia e Arquitetura do TJ-PI, Otávio Matias; e o promotor da comarca de Inhuma Jessé Mineiro.

A solenidade contou, ainda, com as presenças dos desembargadores Fernando Lopes e Agrimar Rodrigues, filhos da região, naturais de Jaicós e Picos, respectivamente.

0 Comentário