Valença do Piauí, 24 de jun, 2024

Aeronave do Samu Aéreo faz pouso de emergência em Valença

avioa
SAMU

Uma aeronave do Samu Áereo precisou fazer um pouso não programado na cidade de Valença esta semana, quando transportava um paciente de Picos para Teresina.  O procedimento foi necessário, segundo a Secretaria de Saúde do Estado (Sesapi), porque o piloto percebeu uma discreta perda de potência no motor da aeronave, realizando o pouso como precaução.

O paciente havia sofrido um acidente de trânsito em Picos e apresentava um quadro de traumatismo crânio-encefálico.

Embora ele tenha falecido na cidade de Valença, após o pouso não programado, a coordenadora do Samu Aéreo, Christiane Rocha Leal, afirma que o óbito não foi ocasionado por conta da aterrissagem inesperada, mas sim porque o estado do paciente era muito grave.

“O paciente foi a óbito mas não tem nada a ver com o problema da aeronave. Ele foi a óbito porque era um paciente muito grave e teve uma parada cardiorrespiratória. Ele estava sedado e sendo acompanhado pela equipe médica”, afirma Christiane Leal.

Por meio de nota divulgada nesta quinta-feira, a Sesapi informou que, após fazer o pouso de emergência, o piloto acionou imediatamente a central do Samu Aéreo para que a aeronave reserva se deslocasse até a cidade de Valença.

A secretaria informa, ainda, ter solicitado que todas as providências necessárias sejam tomadas pela empresa prestadora de serviço, no sentido de reforçar a manutenção das aeronaves.

A coordenadora do Samu Aéreo explica que, além do piloto e do copiloto, o transporte de pacientes em aeronaves é feito com a presença de um médico e um enfermeiro.

FONTE: O DIA

0 Comentário