Portal V1

Após assumir PSB, Ceiça Dias sai e assume PTC. Veja detalhes

23/03/2016
Ceiça Dias vereadora

Ceiça Dias vereadora

Após oficializar no sábado (19) sua posse a frente do PSB no encontro regional do partido em Valença com a presença do presidente estadual Wilson Martins, a vereadora Ceiça Dias deixou a legenda para assumir o PTC partido a qual seu filho, o prefeito de Novo Oriente Marcos Vinicius é um dos membros do diretório estadual. Essa ligação familiar é apontada como um dos principais motivos para a mudança da vereadora que é pré-candidata a prefeita.

A mudança de partido gerou muitas especulações, tendo em vista que o PSB é o partido do prefeito Walfredo Filho que abdicou de sua candidatura a reeleição para apoiar a pré-candidatura da vereadora que já exerceu o cargo de vice-prefeita.

Pessoas ligadas às duas partes disseram ao Portalv1, que a mudança foi aprovada pelo prefeito que confirmou a parceria eleitoral com a vereadora. Ainda segundo essas fontes, o prefeito deixou a vereadora a vontade para conduzir as alianças e os rumos da campanha.

Outra duvida existente no meio político era quando o prazo para mudança de partido. No caso da vereadora que está no fim de mandato ela ou outros vereadores que queiram mudar de partido tem até o dia 02 de abril para essa mudança. Os deputados estaduais e federais que estão no começo do mandato tinham até o dia 19 de março para mudar de partido.

Passado esse momento de filiação, as atenções do grupo político da vereadora devem se concentrar na busca de um vice para a chapa. Entre os nomes citados está a da vereadora Ielva Melão (PPS), que ocupa atualmente a secretaria de saúde. Ielva Melão teria sido consultada e se colocou a disposição, num entanto ela precisa se for candidata sair da secretaria municipal.

Outro nome comentado é do pré-candidato Devaldo Nunes (PCdoB) que sempre votou com o grupo político da vereadora.

Essa possibilidade tem seus defensores mais alguns acreditam que o fato da vereadora já possuir o apoio do vereador Wilton Nunes e do seu pai ex-vereador Eliseu França a indicação não teria tanta representatividade porque o principal núcleo político do pré-candidato já estaria representado que é o sindicato dos trabalhadores rurais.

Compartilhe

1 Comentário

  1. Patricia em 23/03/2016 às 13:54

    E é porque há poucos dias atrás disse que seguiu a orientação do maior líder “Walfredo Filho”, agora quer se esconder. Não adianta. O povo não esquece essa ligação. E depois será se vai fazer igual ao filho: ser Prefeita lá de Teresina?

Deixe seu comentário