Valença do Piauí, 14 de jun, 2021

Aroazes entre as cidades com suspeitos da febre Chikungunya

dengueAs autoridades em saúde do Piauí investigam 105 casos suspeitos da Febre Chikungunya no estado. A informação é da Secretaria de Saúde do Piauí. São 93 suspeitas em Teresina, 6 em Altos, 2 em Picos e um em cada nas cidades de Aroazes, José de Freitas e Pedro II.

O diretor de vigilância em saúde da Sesapi, Hérlon Guimarães, explica que os casos não são notificados e sim suspeitos e que o material coletado nas pessoas que apresentaram os sintomas da doença estão sendo analisados pelo Instituto Evandro Chagas, no Pará.

“O estado não possui nenhum caso de Chikungunya. O que existe são casos clínicos de dengue que são avaliados de forma diferenciada, nesse caso, para a febre Chikungunya também”, explica.

Apesar de não existir casos notificados, o diretor explica que o protocolo de atendimento dos casos suspeitos é o mesmo da dengue. “Que é o de diminuir as complicações como febre, dor de cabeça e podem aparecer manchas avermelhadas”, conta.

Segundo Hérlon Guimarães, o Piauí tem condições propícias para apresentar casos da doença, no entanto, a melhor forma de evitar a picada do mosquito Aedes aegypti, mesmo transmissor da dengue, são as ações preventivas.

“Evitar o acúmulo de água, principalmente agora no período chuvoso. Em caso de sintomas, procurar uma unidade básica de saúde para a coleta do material que, antes de ser enviado ao Pará, passa pelo Lacen”, afirma.

Sintomas

Os sintomas da Febre Chikungunya são característicos de uma virose, e portanto, inespecíficos. Os sintomas iniciais são febre acima de 39º, de início repentino, dores intensas nas articulações de pés e mãos, dedos, tornozelos e pulsos, dores de cabeça, dores musculares e manchas vermelhas na pele.

0 Comentário