Valença do Piauí, 06 de ago, 2021

Audiência Publica é marcada por distorções orçamentárias

A presidenta Ielva Melão não obteve respostas para suas indagações

Foi realizada na noite desta quinta-feira (24), no Plenário Maria de La Salete Lima Verde Moura, na Câmara Municipal Audiência Publica para demonstração e avaliação do cumprimento das metas fiscais do 2º semestre do exercício financeiro de 2010, como determina o Artigo 9º, §4º, da Lei de Responsabilidade Fiscal.

A Audiência Publica levou ao plenário da Câmara Municipal servidores municipais, que serviram para avolumar o plenário e dar sustentação logística aos oradores da audiência. O relatório foi lido pelos secretários Raimundo Xavier (governo) e Fátima Lira (administração), com a participação do contador da prefeitura Mariz Chaves.

A presidenta da câmara, vereadora Ielva Melão comandou os trabalhos da audiência, que teve ainda na mesa o secretário de saúde Walfredo Filho e de educação Dolores Matias.

Secretários Fatima Lira (administração) e Raimundo Xavier (governo)

Se de um lado o publico presente foram apenas para aplaudir os oradores, o mesmo não aconteceu com a presidenta Ielva Melão que primeiro indagou o porquê do relatório não ter sido separado apenas com os gastos do segundo semestre. Outra duvida da vereadora foi com as despesas da Assessoria de Esportes do município, que é agregada a Secretaria de Cultura.

De acordo com o relatório a Secretaria de Esportes em 2010 teve um gasto de R$ 21.216,89 com Material de Consumo e a Secretaria de Cultura que é quem repassa gerencia o recurso teve uma despesa de R$ 6.295,40.

Outra disparidade é com o gasto de Obras e Instalações da Assessoria de Esportes, o relatório aponta uma despesa de R$ 2.956.00, enquanto que a Secretaria de Cultura não teve essa despesa nem para o seu quadro, imagine para transferir para a assessoria.

contador da prefeitura Mariz Chaves.

O contador da prefeitura não soube explicar essas distorções e para não aguçar mais perguntas da presidenta fez vários elogios à atuação da vereadora, que por sua vez não o constrangeu mais, no entanto, afirmou que irá averiguar o orçamento para ver esses cálculos ou “mágicas” da contabilidade da prefeitura de Valença.

1 Comentário

marina

É, nós estamos com uns representantes do povo muito fraco, nunca teve uma camara tão fraca como estamos vemos agora. Os gastos do poder público é uma verdadeira farra de alguns secretários com o nosso dinheiro, pois esses balencetes não sei como ao certo,vamos lá, os gastos na Secretaria municipal de saúde é uma vergonha, lá voce ver requerimento com uma coisa absurda, as despesas de lá a maioria diz que é com remedios, a farmacia passsa mais tempo sem a medicação não sabemos para onde vai tanto remédio que eles pagam!Outra despesa exagerada é com as diárias do secretário prestem atenção que há um exagero, despesas com material de consumo é demais:requerimento com buffe, restaurantes e o que a secretaria municipal de saúde gasta tanto com restaurantes.!? Vamos ver essas despesas vereadores, voces estão ai é para isso e não para fazerem o que esse prefeito quer.

28 fev, 2011 Responder