Valença do Piauí, 27 de fev, 2024

Concurso Público Unificado será realizado em sete municípios do Piauí. Veja lista

O Concurso Público Nacional Unificado (CPNU) será aplicado em sete cidades do Piauí, de acordo com a lista divulgada pelo Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos nesta sexta-feira (1). Em todo o país serão 180 municípios com aplicação do certame.

As provas, que serão realizadas em março de 2024, serão aplicadas na capital do estado, Teresina, e em cidades do interior como Parnaíba, Picos, Floriano, São Raimundo Nonato, Bom Jesus e Corrente. A publicação do edital do concurso está previsto para até o dia 20 de dezembro.

Segundo o ministério, a seleção foi feita a partir dos seguintes critérios: tamanho da população (mais de 100 mil habitantes), raio de influência na região e facilidade de acesso. Caso o município não tenha estrutura suficiente para a realização do concurso, os exames serão aplicados em cidades próximas. 

“Fica mais fácil e mais barato para as pessoas fazerem a prova perto de suas casas. Além disso, pagando apenas uma inscrição, os candidatos concorrem a vagas de vários órgãos públicos”, ressaltou o secretário de Gestão de Pessoas do ministério, José Celso Cardoso, em publicação da pasta. 

Conhecido como Enem dos concursos, o primeiro concurso público unificado visa preencher 6.640 vagas para servidores federais e será aplicado pela Fundação Cesgranrio.

A ideia do governo é que o concurso unificado se torne a principal a principal forma de fazer seleção de servidores públicos federais, e que ele seja repetido anualmente ou a cada dois anos.

A primeira etapa do concurso unificado será realizada em um único dia, dividida em dois momentos: primeiro haverá uma prova objetiva, com conteúdo comum a todos os candidatos. Depois, no mesmo dia, serão aplicadas provas dissertativas e com conteúdos específicos e de acordo com cada bloco temático.

No momento da inscrição no concurso, os candidatos deverão optar por um dos blocos das áreas de atuação governamental disponíveis. Depois dessa escolha, eles deverão indicar o cargo por ordem de preferência entre as vagas disponíveis no bloco de sua escolha.

Confira as instituições que aderiram ao Concurso e o número de vagas de cada uma delas:

Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai) – 502

Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) – 742

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – 520

Ministério da Gestão e Inovação e transversais – 1480

Ministério da Saúde – 220

Ministério do Trabalho e Emprego – 900

Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) – 30

Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços – 50

Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) – 40

Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) – 40

Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) – 35

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) – 895

Ministério da Justiça e Segurança Pública – 100

Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação – 296

Ministério da Cultura – 50

Advocacia-Geral da União (AGU) – 400

Ministério da Educação – 70

Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania – 40

Ministério dos Povos Indígenas – 30

Ministério do Planejamento e Orçamento – 60

0 Comentário