Portal V1

Denuncia de vereador pode atingir pessoas ligadas a Wilson Brandão

28/02/2012

Lindomar Amâncio durante as consultas

O vereador Lindomar Amâncio do PRTB durante a sessão da câmara municipal nesta segunda-feira (27) denunciou a existência de um suposto esquema na área da saúde, que teria a frente familiares do secretário de governo e deputado estadual Wilson Brandão. De acordo com o vereador no mês de dezembro, ele liderou um mutirão do glaucoma em Valença do Piauí, que movimentou cerca de 500 pessoas.

Segundo Lindomar Amâncio, a realização do programa foi comunicado ao secretário municipal de saúde Walfredo Filho, que afirmou que não tinha interesse no programa porque só dava trabalho.

Ainda segundo o vereador do PRTB como evento foi um sucesso, o prefeito Alcântara teria denunciado o vereador a Policia Federal por estar se beneficiando politicamente com o programa e a Clinica de Oftalmologia do Piauí (COP) sediada em Água Branca que de acordo com informações é de propriedade de pessoas ligadas ao deputado Wilson Brandão. “A empresa era de uma laranja, porque é da prima da mulher do deputado Wilson Brandão, como mim informaram e deve ser mesmo porque é de uma pessoa muito poderosa, porque é no Piauí, Ceará e parece que no Maranhão” disse.

A vereadora Ceiça Dias em aparte disse não acreditar que a denuncia tenha partido de Valença. Lindomar Amâncio disse que tem uma gravação do prefeito Alcântara afirmando que denunciou a empresa e não ao vereador. Segundo o portalv1 apurou a vinda da empresa para Valença foi por intermédio do ex-prefeito de Pimenteiras Nonato Marreiros e sua esposa Carlete Freitas. O chefe de gabinete Raimundo Xavier considerou o pronunciamento do vereador como muito perigoso uma vez que o vereador não tem certeza do envolvimento de familiares do deputado Wilson Brandão.

Ouça parte do pronunciamento do vereador Lindomar Amâncio.

Compartilhe

1 Comentário

  1. Maria Sepulvida em 28/02/2012 às 16:28

    O problema dessa historia é que é tudo no achismo eu acho que denunciou a policia, acho que é da família do deputado a única coisa aparentemente concreta é a historia do secretario que certamente não disse isso oficialmente.

Deixe seu comentário