Valença do Piauí, 15 de jan, 2021

Discussão entre Marllos e Julio Cezar tem Valença como um dos focos

Deputados federais Marllos Sampaio e Julio Cezar

O deputado federal Marllos Sampaio (PMDB) não gostou de ter sido chamado de pessimista pelo deputado Júlio César Lima (PSD). Em nota postada em seu perfil no Facebook, o peemedebista foi duro com o colega de bancada.

Sampaio criticou o estilo de atuação de Júlio, disse que não vai se “omitir nos grandes projetos” e que vai se expressar sempre que “ver manobras que visam criar falsas expectativas na população”.

No epicentro dessa briga está o debate sobre a votação da PEC 300 – que cria um piso nacional para os policiais e bombeiros militares – e a votação do projeto que prevê uma nova divisão dos royalties oriundos da extração de petróleo no Brasil.

Ao contrário de Júlio César Marllos não acredita que o projeto do pré-sal entre na pauta da Câmara. “Acho difícil a aprovação dessas propostas, porque sempre discriminam os estados mais pobres.”

Dizendo-se “realista”, declarou: “O nobre deputado [Júlio César] disse que estou sendo pessimista em relação ao pré-sal, mas eu sou é realista. Alertei o líder do meu partido, alertei o deputado Marcelo Castro e alertei o próprio deputado Júlio César sobre as dificuldades que iríamos enfrentar com relação ao prá-sal. Não podemos enganar a população.”

Já o deputado do PSD avalia que uma pressão organizada pode forçar a entrada do projeto na pauta da Câmara dos Deputados. “Pretendemos mobilizar as lideranças política do Piauí, como o governador e prefeitos, para que juntos possamos unir forças na legalização da divisão justa dos royalties”, disse em recente entrevista à TV Cidade Verde.

PEC 300

A proposta de criar um piso salarial nacional para policiais e bombeiros militares morreu. Pelo menos na avaliação do deputado federal Marlos Sampaio.

“A PEC 300, infelizmente… Hoje é uma realidade, mas uma realidade negativa, que não passa. Não passa, não por causa dos Deputados, mas porque o Presidente Marco Maia não vai colocar em votação. E esse sonho deixou de existir. Eu gostaria que todos os Deputados já alertassem os militares, porque não adianta mais. É uma discussão onde estamos perdendo tempo nesta Casa, porque o Deputado Marco Maia já deu o seu parecer final que não vai colocar em pauta”, declarou durante pronunciamento na Câmara dos Deputados.

Na nota publicada nesta quinta-feira (23), Marllos também critica os colegas de bancada pela mudança de postura em relação ao projeto. “(…) vim aqui lamentar as declarações do deputado Júlio César hoje sobre a PEC 300, ele agora vem dizer que precisa de um fundo, antes da eleição ele e nenhum outro deputado falou isso pra população, disseram que já era fato, que iria passar!”

A necessidade de criação de um fundo nacional para subsidiar o pagamento do novo piso aos policiais também foi levantada pelo deputado Júlio César durante entrevista a uma emissora de televisão. “Precisamos analisar a situação de cada governador, pois é preciso que se crie um fundo para que se possa fazer a equalização dos recursos que serão disponibilizados”, disse.

Bases

Por fim, Marllos Sampaio deixou a entender que Júlio César não tem dado a assistência esperada às suas bases eleitorais. “Deputado Júlio, estive em Valença nesse carnaval e o prefeito Alcântara perguntou pelo senhor, se queixando que a ultima vez que apareceu lá foi na campanha, da mesma forma me perguntaram em Esperantina, Barras e Morro do Chapéu.”

Através da sua assessoria de imprensa, o deputado Júlio César rebateu a crítica, afirmando que também não encontrou o peemedebista em nenhum dos municípios que visitou durante o carnaval deste ano.

Fonte: portalaz

5 Comentários

Mateus Silva

O marllos deve ter uma amostra da personalidade do prefeito que certamente irá negar essa verdade de que o deputado Julio Cezar na anda em Valença

24 fev, 2012 Responder

Franklin Mendes

Não tenho memória curta. Lembro – me de uma reunião, a primeira do deputado Marllos, na residência do Sr. Jeová Machado em 2008 e o mesmo deputado chamou, o então agora colega Alcântara, de maquiavélico, descomprometido com o povo valenciano e outros adjetivos próprios de políticos que querem entrar na politica, e agora anda na “cola” do prefeito querendo colocar a sua companheira na politica valençana.

25 fev, 2012 Responder

Francisco Vierira

afinal o que essa discussão tem de positiva para nos valencianos?? nada só jogo politico e nada mais.

24 fev, 2012 Responder

Gregório Araújo

Mais uma vez o dep. Marlos me supreende positivamente com sua preocupação com os Piauienses, acho correto ele cobrar resultados da bancada Piauiense e mobilizar todos politícos e sociedade do nosso Estado, para precdionar a colocação do projeto da PEC 300 em pauta na Câmara dos Deputados.

24 fev, 2012 Responder

Ana

Deputado Marlos Sampaio so falou a verdade!!!Cade mesmo esse julio cesar prefeito alcantara!!!!O deputado marlos pelo menos cobra açoes destes q sao votados e nunca retorna e essa briga é boa para valença sim, pois pode despertar aqueles q tiveram votos aqui para querer colocar recursos para nossa cidade

27 fev, 2012 Responder