Portal V1

Em depoimento gravado, Havelange chama Mano de ‘imbecil’

29/10/2012

Presidente de honra da Fifa, João Havelange

Em depoimento gravado em março que vem à tona nesta semana, o presidente de honra da Fifa, João Havelange, fez duras críticas ao técnico do Brasil , Mano Menezes. Havelange  ofendeu o treinador o chamado de “imbecil”, além de revelar que escolheria Luiz Felipe Scolari ou Carlos Alberto Parreira para a vaga de Mano.

“Acho que o técnico fez uma análise, alguma coisa nesse sentido, mas é um imbecil, me perdoe a expressão. E tudo isso, se não modificar, nós não vamos chegar a nada. Eu, se fosse presidente, o meu técnico seria o Scolari, com o Parreira em cima. Experiência total, dois homens de personalidade, retos e corretos. Eu não tenho nada a dizer desse porque não o conheço, mas não está conseguindo nada, o senhor me perdoe, e nós estamos em cima do lado”, afirmou o ex-presidente da Fifa.

Ele também lembrou que a Seleção “não é um time” e que “não vai ganhar nada”. A entrevista faz do projeto do Museu do Futebol em parceria com a Fundação Getúlio Vargas para registrar depoimentos de jogadores que já defenderam o Brasil   em Copas do Mundo. Havelange é o único dirigente ouvido pela equipe.

“Entristeceu e preocupou muito. Aquilo não é um time. O senhor faz aquilo no campeonato nacional ou no campeonato paulista ou do Rio, não vai ganhar nada”, concluiu, referindo-se ao amistoso entre Brasil e Bósnia.

 

 

Fonte: ESP Brasil

Compartilhe

Deixe seu comentário