Valença do Piauí, 27 de jan, 2021

Escolas de Valença são citadas como impróprias para sistema integral

Senador João Vicente Claudino

O senador João Vicente Claudino (PTB) informou ontem que mandou uma equipe e assessores visitar seis escolas listadas pela Secretaria Estadual de Educação entre as unidades que funcionam com tempo integral e, segundo ele, em nenhuma delas o programa foi implantado integralmente ou de forma adequada, como divulga o Governo do Estado.

Segundo o relato da equipe do senador, a Unidade Escolas Presidente Vargas, em Teresina, uma das listadas como sendo de tempo integral, “encontra-se totalmente desativada, abandonada”. A Unidade Escolar Cipriano Leite, por sua vez, encontra-se cedida para a Prefeitura Municipal de Teresina (PMT). No caso da Unidade Escolar Edgar Tito, a lista do Governo informa existir 100 alunos integralizados, mas a escola possui atualmente aproximadamente 1.200 alunos, distribuídos em 18 turmas pela manhã e nove turmas à tarde, num total de 27 turmas.

O senador lembra que o Programa Mais Educação, que instituiu o tempo integral, prevê que a integralização tem de ocorrer em todas as turmas da escola. “Há, portanto, cerca de 1.100 alunos desta escola (Edgar Tito) no sistema de ensino normal, ou seja, sem integralização”, acusa ele. A outra escola visitada em Teresina foi a Unidade Escolar Bem Me Quer, que, segundo atestou a equipe do senador, “encontra-se totalmente sem integralização, sendo no sistema de turmas pela manhã e tarde, no mesmo modo da U. E. Edgar Tito”

Duas escolas de Valença, onde João Vicente Claudino tem uma boa base eleitoral, também foram visitadas pelos assessores dele: a Unidade Escolar D. Maria Antonieta T. R. Veloso e a Unidade Escolar Cônego Acilino. Segundo a equipe, as duas escolas encontram-se na mesma situação: dizem ser integralizadas, entretanto, não têm nenhuma estrutura para funcionar em tempo integral. “Há em cada escola dois banheiros, onde banham até seis crianças do mesmo sexo e de uma só vez”, diz o relatório da equipe.

Na Escola Cônego Acilino, segundo ainda a equipe, o programa só atende 15 alunos – e assim mesmo, segundo eles, os alunos ficam pela manhã na Cônego Acilino e à tarde na Escola Cineas Veloso, “portanto violando as regras do Programa”. As merendeiras da escola Cônego Acilino, segundo apontam a equipe que visitou a unidade, são duas mães de alunos que ganham R$ 200,00 cada. “Não tem quadra, campo de futebol, nem nada. Não existiu qualificação de professores, portanto não cumpre com as metas do programa, como reforço escolar, esporte e lazer, cultura e artes, educação ambiental, direitos humanos, ciência da natureza, promoção da saúde, cultura digital e nova mídias. Nada disso existe. Na verdade, só existe o nome de escolas integralizadas”, diz a equipe.

 

Fonte: GP1

29 Comentários

Prof. Sandra Lima

Para saber se as escolas sao boas ou nao , se funcionam em tempo integral ou nao, perguntem aos pais que necessitam guardar seus filhos enquanto estao no trabalho q eles lhes responderao q essas escolas sao sim de tempo integral e funcionam muito bem. Falta muita coisa, falta, mas o que tem da pra funcionar pois o que mais importa e se tem professores competentes, calor humano, aprendizado e alimentaçao de qualidade. Querem conferir, venham qualquer dia na hora do almoço que verao com seus proprios olhos. Nossa escola nao e base eleitoral de ninguem e sim espaço de cicadania e conhecimento.

26 fev, 2012 Responder

Cibelle

Muito bem, Sandra!!
Apoiado!!

27 fev, 2012 Responder

Franklin Mendes

Concordo com as opiniões do Senador. Quando se fala de educação em tempo integral, nosso estado está é longe de ter verdadeiramente esse tipo de ensino, temos uma “falsa integração” nas escolas que são esbanjadas na mída do governo como se ele estivesse fazendo uma “boa ação” o que na verdade nada mais é que um direito nosso, garantido em lei, de ter acesso, permanencia e qualidade no ensino. Nem só d ecalor humano, alimentação vive o ser humano, precimaos de ações concretas para melhorar a educação em nosso país que esta muito aquem. Programas temos de mais o que não temos é correta aplicação deles.Sou Pedagogo e conheço todas as escolas listadas na reportagem,já visitei a Edigar Tito (Zona norte de Teresina) Bem- Me – Quer ( Também zona Norte) que fica agora na AV. Centenário, antigamente ficava perto do HCT, e todas de Valença, em especial Conego Acilino na qula já trabalhei e afirmo que é uma integração pra inglês ver!

27 fev, 2012 Responder

Francisca Poti (DIRETORA DA U. E. CÔNEGO ACILINO)

Franklin, bom dia!!!

Li o seu comentário, gostaria de te lembrar que você trabalhou na nossa escola (UNIDADE ESCOLAR CÔNEGO ACILINO) há três anos atrás se não me falha a memória.
O tempo não parou nem para mim e nem para a nossa a escola, que mudou muito, inclusive com programas novos, detre eles o MAIS EDUCAÇÃO. Não sei se você parou no tempo, ou pelo visto, congelou, mas, as coisas mudaram muito na nossa escola daquuuueeeeeeeeeeeeeeeeeelllle tempo para cá.
A nossa escola está de portas abertas para recebe-lo para ver como funciona os nossos programas e os nossos trabalhos com o MAIS EDUCAÇÃO.

28 fev, 2012 Responder

Franklin Mendes

Olá! Poti fiz apena uma crítica construtiva, que é a realidade de nossas escolas, não congelei e muito menos parei no tempo, pois eu conheço o Programa Mais Educação, que aliás deixa muito a desejar, pois trabalho numa escola contemplada com esse programa, que se diga de passagem é brilhante, mais sua devida aplicação está é longe de existir, nossas escolas não estão preparadas,e o Mais Educação nem atendem todos os alunos, atende um número limitado, que na maioria é de apenas 100 alunos e os outros?Ah! Jamais citei que a escola Conego Acilino seja ruim,não tenha estrutura, muito pelo contrário é uma escola que tem História e profissionais competentes,tenho orgulho de ter prestado serviço , mas devemos lutar sim por uma escola de melhor qualidade a cada dia e não se conter com pequenas coisas, a realidade é que a educação que temos está é longe da que queremos!!!!!Nós professores só recebemos críticas, salários defrasados e devemos ficar calados e aceitar tuto de cima abaixar a cabeça e dizer amém, fazendo uma educação de faz de conta? Que pena que alguns pensem assim, só tenho a lamentar!

28 fev, 2012 Responder

Paulo

Alguem pergunta para o “prefeito e tais autoridades que compõe a cidade” se nas suas casas faltam comida ate para seus cachorros???, Agora para a população ficam em 3ºplano..Mas como a maioria sempre apoiam esse sujeito..que pague pelas as suas escolhas..pena que os inteligente que procuram mudanças melhores tbem sofrem..

28 fev, 2012 Responder

Kátia Leite

Parabenizo as Unidades Escolares Cônego Acilino e Maria Antonieta pelo brilhante desenvolvimento do Programa Mais Educação em 2011. Querem conferir? Visitem as escolas apartir do dia 19/03/2012 e verão a continuidade deste trabalho em 2012.

28 fev, 2012 Responder

Francisca Poti (DIRETORA DA U. E. CÔNEGO ACILINO)

Sábias palavras, Sandra!!!

EU SÓ QUERO ACRESCENTAR QUE:

1º- A nossa escola, UNIDADE ESCOLAR CÔNEGO ACILINO, não foi visitada por nenhuma pessoa que se identificasse como assessor(a) do Senador João Vicente.
2º- Gostaria que o assessor invisível do Senador devolvesse os 135 alunos que ele engoliu, uma vez que o nº de alunos atendidos pelo PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO NA NOSSA ESCOLA, É 150 e NÃO 15 como foi citado na reportagem.
3º- Informar também, que graças ao PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO, hoje a nossa escola conta com:
02 SALAS CLIMATIZADAS;
01 BIBLIOTECA;
01 REFEITÓRIO COMPLETO;
– E MATERIAIS DE QUALIDADE, PARA REALIZAÇÃO
DAS OFICINAS.
4º- Monitores com curso superior (ou cursando) e prática nas áreas de atuação.
5º- A nossa escola UNIDADE ESCOLAR CÔNEGO ACILINO, esta de portas abertas, para receber qualquer pessoa que quiser informações sobre o MAIS EDUCAÇÃO, E PLANO ANUAL DE TRABALHO DE NOSSA ESCOLA, até mesmo o assessor invisível do Senador João Vicente, desde que se identifique.
OFICINAS.

28 fev, 2012 Responder

Laio

Eu como aluno que participei do MAIS EDUCAÇÃO na UNIDADE ESCOLAR CÔNEGO ACILINO, discordo do que foi falado, tudo isso é mentira, é só ir na escola e ver como funciona muito bem, lá é ótimo.
Estou ansioso que comece logo as oficinas do MAIS EDUCAÇÃO.

28 fev, 2012 Responder

rayanne

valeu sandra..

28 fev, 2012 Responder

Carlos Dias

Fiquei triste por dizerem que um professor competente, atuante, estudioso como o Franklin, parou no tempo e se congelou….nós da Inhuma temos orgulho de lhe ter na nossa educação um professor em constante formação continuada é aluno de matemática na UFPI Ead,recentemente foi o único prof.da região que participou do PAPMEM na UFPI por uma semana,foi aprovado em 1º lugar para Tutor Presencial na UAPI/UFPI da Inhuma no curso de Pedagogia, quem falou isso realmente o professor que o Franklin é.

28 fev, 2012 Responder

Maria de Fátima

Nossa fiquei chocada com o que falaram do prof.Franklin dizer que congelou parou no tempo….nossaaaaa tem gente que realmente não sabe o que fala um prof. mais dedicado e atualizado como esse é dificil, e concordo o Mais educação não é integração coisa nenhuma, Escola integral o aluno tem que ficar o dia todo na escola com uma rotina adequada, mas não temos suportes para isso e vem sendo executado por partes!

28 fev, 2012 Responder

Maria de Fátima

Nossa! que absurdo dizer que um prof.como o Franklin parou no tempo, congelou…um professor mais dedicado e esforçado como esse é dificil de se ver, eo Mais Educação gente não é integração, pois escola integral o aluno fica o dia todo na escola e nossa deficitaria rede pública não tem estrutura física e humana para atender adequadamente, é uma integração de fachada!

28 fev, 2012 Responder

Daniele Nogueira

Oi Maria de Fátima!
Gostaria de salientar que você não deve generalizar, Pois eu como monitora de uma das escolas contempladas em Valença afirmo que lá o ensino é integral e funciona o dia todo como o suporte necessário para isso, é lógico que ainda temos algumas limitaçoes em relação à estrutura física, mas isso ja está sendo resolvido através de reformas que irão acontecer em breve.

29 fev, 2012 Responder

Eric

Franklin vc é um professor nota dez, o melhor professor do mundo!! e muito atualizado diga se de passagem.

28 fev, 2012 Responder

Pablo Mendes

Tem gente que não sabe se posisionar diante de críticas,parabéns Franklin, a educação de Inhuma só tem a ganhar com um profissional que não parou no tempo e nem se congelou.

28 fev, 2012 Responder

Caique

Professor Franklin vc é nota 10!!

28 fev, 2012 Responder

G.F. Gomes

Prof.Franklin congelado, parado no tempo? kkkkkk dúvido é um dos melhores professores que já tive e muito estudioso.

28 fev, 2012 Responder

Klau

Belo comentário Franklin, vc é um professor atuante!

28 fev, 2012 Responder

Prof. Romilson Soares da Bahia

Conheço o prof. Franklin e sei como ele é crítico, tem um espírito de mudança, inconformado com a educação pública e é um educador que sonha dia e noite com uma educação de qualidade, é só você conversar com ele e logo percebe a sede de estudar, ensinar seus alunos, como ele diz para a vida e não para serem meros profissionais… é simplesmente um educador ímpar, parabéns amigo você merece tudo de bom, voê é um verdadeiro guerreiro.

28 fev, 2012 Responder

Maria Sepulvida

O problema de algumas pessoas é que se contentam com pouco, realmente os colégios ainda faltam muito para serem do tempo integral, faltam espaços para lazer como quadras, banheiros adequados e principalmente monitores preparados uma vez que todos são colocados por políticos ou por parentescos recebem 300 reais e ainda circula que na realidade só recebem 200 reais tem casos de monitores que estão trabalhando porque não cobra das chefes alisamentos e tratamento de cabelos em seu salão.é uma vergonha

29 fev, 2012 Responder

kátia leite

Que pena dona Maria que vc não conhece nossos monitores pq a monitora a qual se refere esta se formando em pedagogia e não tem emprego, apenas ajuda sua mãe no salão de beleza.Devemos dar oportunidade a todos assim como os músicos,a capoeira,os agentes culturais dentre outros.Se vc não tem conhecimento sobre eles vá as escolas e peça seus currículos.ok.1 abraço.

29 fev, 2012 Responder

Daniele Nogueira

Olá Maria Sepúlvida!
Quero lhe adinatar que “todos os monitores” recebem trezentos reais com certeza. São INDICADOS pelos gestores da GRE ATRAVÉS DE UMA REUNIÃO FEITA NO MESMO LOCAL. As pessoas indicadas para monitores(todos) são formadas ou estão cursando curso superior e são preparadas sim, e para essa escolha existem critérios no qual um deles é que os monitores sejam pessoas da comunidade sem vínculo empregatício com o estado podendo ser formados ou estudantes de curso superior com habilidades para realizar as atividades referentes à sua área,além do mais se essa capacidade tem que ser avalida,quem tem que avaliar isso são os gestores e alunos da escola em que o monitor trabalha, e não pessoas alheias ao projeto que se sentem incomodadas pelas oportunidades que é dada aos atuais monitores que são pessoas que precisam dessa oportunidade. Eu Daniele Nogueira sou monitora do MAIS EDUCAÇÃO NA UNIDADE ESCOLAR MARIA ANTONIETA e estou cursando Pedagogia, sem dúvida estou preparada para o papel que estou exercendo, Como o dinheiro que os monitores rebebem que é de 300 reais é apenas uma “ajuda de custo”, ajudo minha mãe em seu salão de beleza porque preciso, entao não iria fazer alisamentos e tratamentos capilares para “chefes” gratuitamente para estar num programa que só oferece ajuda de custo e é apenas um extra, trabalho no programa porque amo ser educadora e me sinto realizada em poder ajudar os alunos desta escola com o acompahamento pedagógico que é o papel dos monitores,é um acompanhamento nas áreas em que os alunos tem dificuldades de apredizagem. Então a vocês que criticam o programa MAIS EDUCAÇÃO procurem se informar antes de criticarem algo, pois nínguém é obrigado a ouvir inverdades que não tem fundamento a seu respeito.
Obrigado.

29 fev, 2012 Responder

Valenciano

Se está tudo bom com a educção pública, cheias de projetos brilhantes,condições de trabalho favorável, salários digno, então por que há greve na rede estadual?

29 fev, 2012 Responder

vicente izidorio

Não basta ensinar ao homem uma especialidade, porque se tornará assim uma máquina utilizável, mas não uma personalidade. É necessário que adquira sentimento, um senso prático daquilo que vale a pena ser empreendido, daquilo que é belo, do que é moralmente correto. A não ser assim, ele se assemelhará, com seus conhecimentos profissionais, mais a um cão ensinado do que a uma criatura harmoniosamente desenvolvida. Deve aprender a compreender as motivações dos homens, suas quimeras e suas angústias, para determinar com exatidão seu lugar preciso em relação a seus próximos e à comunidade.”
Albert Einstein

29 fev, 2012 Responder

Valenciano

Estou com vc franklim, vc é um menino de ouro, talvez quem te criticou, esteja congelada no tempo kkkkkkkkkkkk tem gente q não se enxerga mesmo. vai em frente garoto vc tem futuro.

03 mar, 2012 Responder

Ana Maria

Estou com vc Franklin, talvez quem te criticou esteja congelada no tempo, vc é um garoto de ouro e tem muito futuro, na verdade essas gagas q estaão na educação ja estão boas é de se aposentar e deixar a vaga para os jovens, p pessoas como vc com a mente fresquinha cheia de novas ideias. liga não vc é nota 10.

03 mar, 2012 Responder

PROFESSORA DO CONEGO

CONEGO ACILINO, UNICA ESCOLA Q NÃO ADERIU A GREVE, TODOS LUTANDO POR UM SALARIO DIGNO E ELES LÁ QUERENDO CHAMAR ATENÇÃO, GOSTAM MUITO DE SE APARECEREM MESMO. KKKKKKKKKKKKK EU NÃO GUENTO DA VONTADE É DE RIIRRRRRRR!!!!!

03 mar, 2012 Responder

VALENCIANO

ESTOU COM VC FRANKLIN, TALVEZ QUEM TE FEZ ESSA CRITICA ESTEJA CONGELADA NO TEMPO, O PROBLEMA DESSE PESSOAL É Q JÁ ESTÃO BROCO E NÃO QUEREM SEDER SEUS LUGARES PARA PESSOAS MAIS JOVEM ASSIM COMO VC, VÃO SE APOSENTAR CAMBADA DEIXEM O FRANKLIN EM PAZ.

03 mar, 2012 Responder