Portal V1

Falta Oportunidade.

29/12/2008

A desigualdade social acontece quando a distribuição de renda é feita de forma diferente sendo que a maior parte fica nas mãos de poucos. Em Valença a desigualdade social é uma questão de urgência, senhores e senhoras sofrendo na pele e os próprios filhos. Por esses acontecimentos existem jovens vulneráveis hoje principalmente na classe de baixa renda, pois a exclusão social os torna cada vez mais supérfluos e incapazes de ter uma vida digna. Muitos jovens de baixa renda de Valença crescem sem ter estrutura na família devido a uma série de conseqüências causadas pela falta de dinheiro sendo: briga entre pais, discussões diárias, falta de estudo, ambiente familiar precário, educação precária, más instalações, alimentação ruim, entre outros.

A desigualdade social tem causado o crescimento de crianças e jovens sem preparação para a vida e muitos deles não conseguem oportunidades e acabam se tornando marginais ou desocupados, às vezes não porque querem, mas sim por não sobrarem alternativas e cresce aqui em Valença a cada momento a incidência de atos infracionais e outro fator que agrava essa situação é a violência que cresce a cada dia.

O fato é que, algumas autoridades são as principais causadoras desse processo de desigualdade que causa exclusão e que gera violência. É preciso que pessoas de alto escalão projetem uma vida mais digna e com oportunidades de conhecimento para pessoas com baixa renda para que possam trabalhar e ter o sustento do lar entre outros.

É preciso trabalhar e não prometer para se ver livre. Se você quiser ver basta andar um pouco pelos bairros de Valença e ver mais essa triste realidade.

Compartilhe

1 Comentário

  1. Manoel Nascimento em 31/12/2008 às 10:24

    O problema de “desigualdade social” surge devido a falta de opoturnidade de emprego na cidade, Valença hoje é praticamente sustentada financeiramente pelos funcionario públicos e aposentados sendo que o comercio Valenciano ainda não tem o suporte necessário para empregar a grande maioria da população e mesmo se tivesse não seria tão diferente de hoje.
    A falta de profissionalismo nos trabalhadores e a falta de oportunidade de emprego faz com que as pessoas “de baixa renda” fiquem na miséria, causando contudo uma certa falta estrutura na base familiar.
    Temos que cuidar de nossas crianças de hoje, dando uma escola digna, uma boa base familiar e uma otima relação social, mas para isso fala muitos investimento na educação e na preparação dos profissionais.

Deixe seu comentário