Portal V1

Flu passa para final e Palmeiras perde o jogo e a cabeça. Confira

  • off
19/11/2009

fredEm partida emocionante, o Fluminense garantiu vaga na final da Copa Sul-Americana ao vencer o Cerro Porteño por 2 a 1 no Maracanã, com direito a uma virada no fim da partida.

spy software

Amparado pelo triunfo de 1 a 0 no primeiro jogo, em Assunção, o tricolor carioca entrou em campo distraído e acabou levando o gol dos paraguaios logo no início.Aos seis minutos, Ramírez chutou cruzado para defesa de Rafael, mas o argentino Nanni pegou a sobra e cruzou para Cáceres vier de trás e abrir o placar.

Mas o Fluminense pressionou muito no restante da partida, perdendo inúmeras chances diante do goleiro Diego Barreto.A raça da equipe acabou premiada nos acréscimos, quando o zagueiro Gum aproveitou uma confusão na área para pegar a sobra e mandar ao fundo das redes, para delírio da torcida que lotou o Maracanã.

Para completar a festa, Alan ainda marcou o segundo para o Fluminense no instante final, aproveitando que o goleiro estava fora do gol.Após o apito final, uma confusão tomou conta do gramado. Um jogador do Cerro agrediu um dos gandulas e deu início a uma briga generalizada.

O Fluminense pega na final quem sair do duelo entre River Plate do Uruguai e Liga Deportiva Universitária (LDU), algoz do tricolor na final da Libertadores de 2008. As duas equipes jogam amanhã em Quito.É a primeira vez que um time carioca vai à final da Sul-Americana.

Fonte: IG

Brasileirão

Em noite de destempero alviverde, Grêmio vence o Palmeiras no Olímpico

Fora da briga no topo da tabela do Campeonato Brasileiro, o Grêmio venceu o Palmeiras – candidato ao título – por 2 a 0, nesta quarta-feira, no Olímpico, em partida marcada pelo destempero de dois jogadores alviverdes: Obina e Maurício. Os palmeirenses trocaram insultos e tapas ao fim do primeiro tempo, foram expulsos e deixaram os paulistas sem chance de reagir dentro de campo. Rafael Marques, aos 45 do primeiro tempo, e Maxi López, aos 25 do segundo, fizeram os gols do Tricolor.

Com o resultado, o Verdão segue com 59 pontos, na terceira colocação e, apesar de não correr o risco de sair do G-4 ao fim da 36ª rodada, pode perder posição para Atlético-MG ou Internacional. A crise já está instalada após a derrota e as expulsões de Obina e Maurício, que acabaram mandados embora do clube.

– Os dois jogadores não vestem mais a camisa do Palmeiras – afirmou o vice de futebol palmeirense, Gilberto Cipullo, depois da partida.

As equipes voltam a campo no domingo dia 29. O Grêmio, em oitavo, com 52 pontos, faz sua última partida no Olímpico pelo Brasileirão diante do Barueri, enquanto o Palmeiras recebe o Atlético-MG, ambos às 17h.

zp8497586rq
Compartilhe

Comentários fechados