Valença do Piauí, 14 de jun, 2024

Hospital de Valença ganha ambulância e anuncia novos procedimentos

DSC_0531
A nova ambulância chegou nesta quinta-feira ao hospital

A partir dessa segunda-feira (11), o Hospital Regional Eustáquio Portela começa a implantar varias ações com o intuito de melhorar a qualidade no atendimento aos pacientes que procuram aquela casa de saúde. As boas novas já começam com a chegada de uma nova ambulância que já está na garagem à disposição do hospital. Em maio o hospital havia recebido uma ambulância pequena que agora foi trocada por outra modelo Amarok, mais resistente e portanto mais adequada para as necessidades de um hospital regional.

Em entrevista ao Portalv1, a diretora do hospital Lucilia Marreiros informou que a partir dessa segunda serão implantados alguns núcleos como o acolhimento com classificação de risco, ou seja ao procurar o hospital o paciente recebe um atendimento preliminar feito por uma enfermeira que classifica o atendimento por cores, vermelho (emergência) para atendimento imediato, Laranja (muito urgente), o atendimento precisa ser o mais prontamente possível, Amarelo (urgente), onde o paciente possui condições clinicas para aguardar. Verde (pouco urgente) cujo problema pode ser resolvido ambulatoriamente e Azul (não urgente) para casos de menor complexidade. Essa metodologia (Sistema de Triagem de Manchester) já está sendo realizada pelo hospital.

A implantação foi anunciada durante treinamento para os enfermeiros
A implantação foi anunciada durante treinamento para os enfermeiros

Outra mudança significativa é a implantação do checklist’ da cirurgia segura, ou seja haverá um profissional responsável para checar os itens usados na intervenção cirúrgica com a finalidade de reduzir a ocorrência de incidentes e eventos adversos na hora dos procedimentos cirúrgicos.

O hospital deve iniciar nesta segunda também o núcleo de segurança do paciente, esse procedimento começa pela identificação do paciente com pulseira, passando pelos acompanhantes e pela própria estrutura do hospital que deve oferecer condições de evitar danos e sequelas aos pacientes através de medidas de prevenção e checagens.

Nas pulseiras dadas aos pacientes será possível identifica-lo pelo nome completo, cor, sexo e se ele possuiu algum tipo de alergia, além da ministração dos medicamentos que será individualizada, assim como o cuidado com o preenchimento das fichas por parte do hospital.

A diretora repassou as novidades para os profissionais
A diretora repassou as novidades para os profissionais

Lucilia Marreiros informou que o hospital está passando por um termo ajuste de conduta com o foco em obstetrícia. Esse termo de conduta foi assinado pelo hospital juntamente com o Ministério Publico, após a morte de uma criança e de sua mãe em março desse ano. Sobre esse assunto a diretora informou que todas as medidas foram tomadas para evitar que outros incidentes aconteçam. Entre as medidas está o acesso das gestantes pela porta principal do hospital até às 21h e o recebimento dela por uma enfermeira que irá classifica-la de acordo com o seu estado de saúde.

Lucilia Marreiros também comemora a contratação de novos profissionais como um fonoaudiólogo que acompanha as crianças e as vitimas de AVC. Uma terapeuta ocupacional, uma pediatra que faz um acompanhamento das crianças e de uma medica obstetra que atende no hospital as quintas-feiras.

Na proxima semana todos os profissionais do hospital passarão por treinamentos com a equipe da SESAPI
Na proxima semana todos os profissionais do hospital passarão por treinamentos com a equipe da SESAPI

Esses novos profissionais estão qualificando esses núcleos com o objetivo de proporcionar um melhor atendimento aos pacientes e de expandir a oferta de serviços do hospital que segundo a diretora teve um aumento na arrecadação graças ao trabalho de outra equipe montada para acompanhar os prontuários após as internações.

Nessa semana uma equipe da Sesapi estará em Valença realizando novos treinamentos e conferindo as adequações do termo de conduta para que o hospital seja reavaliado pelo ministério publico. Outra novidade anunciada pela diretora é que em breve o hospital regional estará ofertando o teste do pezinho e logo após outros testes rápidos para a população. Nessa quinta e sexta-feira foram realizados treinamentos com os profissionais do hospital para a adequação dessas novidades que começam nesta segunda-feira. Ouça entrevista da diretora Lucilia Marreiros

0 Comentário