Valença do Piauí, 18 de jun, 2024

INSS abrirá inquérito para apurar participação de servido em fraude

Instituto Nacional do Seguro Social
Instituto Nacional do Seguro Social

O gerente executivo regional do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) no Piauí, Carlos Viana, em entrevista ao Jornal do Piauí desta quarta-feira (15), disse que um inquérito será instaurado para avaliar a conduta de um servidor do INSS que facilitou a fraude do sistema previdenciário na região de Valença.

“A gente fica triste com um colega da gente se envolver dessa forma, prejudicando efetivamente toda a previdência. A facilidade na concessão do benefício ocorreu pelo fato do servidor estar envolvido. Então, também está sendo feito um inquérito para investigar a conduta do servidor como também todos os benefícios concedidos por ele”, disse o gerente executivo.

Durante a entrevista, Carlos Viana destacou ainda que todos os benefícios concedidos a trabalhadores rurais da região de Valença serão revisados para identificar os pagamentos realizados de maneira irregular. Ontem (14), a Polícia Federal desarticulou uma organização criminosa suspeita de fraude previdenciária no valor de mais de R$ 10 milhões.

Atualmente, cerca de 70% dos segurados do Estado são trabalhadores rurais e 500 benefícios foram suspensos pelo INSS, evitando um prejuízo futuro aos cofres dessa autarquia na ordem de R$ 70 milhões. As investigações apontaram que o grupo criminoso era formado um advogado, um agente financeiro, um servidor do INSS e nove agenciadores.

0 Comentário